Faixa de Preço KBB™
O Preço KBB™ se baseia no preço sugerido pelas fabricantes + preço dos revendedores + condições de mercado. Essa combinação de dados passa ainda por uma equipe de analistas e gera o preço certo que você pode pagar por um carro novo, para que você possa ter maior confiança e fazer o melhor negócio. Saiba mais
Kbb
Sobre Audi Q7
Por baixo do capô
Agora oferecido somente na versão topo de linha Ambition, o Q7 é equipado com motor 3.0 V6 que rende 333 cv de potência e 44,8 kgfm de torque a partir de 2.900 rpm, mas agora ele conta com dupla injeção de combustível, direta e indireta. O câmbio é o automático de oito marchas. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 6,1 segundos e a velocidade máxima é de 250 km/h. A tração integral permanente distribui normalmente a força entre as rodas em 40% na frente e 60% atrás, podendo chegar ao máximo de 70% na dianteira e ao máximo de 85% na traseira. A Audi informa que a nova geração está 28% mais econômica que sua antecessora. 
Mais do Q7
O SUV manteve praticamente as mesmas dimensões da geração anterior, com 5,05 m de comprimento, 1,97 m de largura, 1,74 m de altura e 2,99 m de entre-eixos, sendo apenas 37 mm mais curto e 15 mm mais estreito que a geração anterior. Ainda assim, o porta-malas cresceu, com capacidade para 890 litros – eram 775 litros no antecessor. Com sete ocupantes, ela cai para 295 litros, enquanto sobe para 2.075 litros com a segunda fileira de assentos rebatida. Já o tanque de combustivel diminuiu de 100 litros para 85 litros.
Por fora, o Q7 ganhou grade frontal com linhas horizontais e faróis com nova assinatura de LEDs, além de exibir para-choques e lanternas traseiras redesenhados. O interior também foi retrabalhado para deixar os comandos mais acessíveis. O antigo botão giratório sensível ao toque no console central para comandar a central multimídia passou a ser uma superfície maior e posicionada à frente da alavanca de câmbio, deixando-a mais à mão do condutor. 
Além disso, o rebatimento da terceira fileira de bancos agora é elétrico (antes era manual) e a abertura e o fechamento do porta-malas podem ser feitos com um chute abaixo do para-choque traseiro. O quadro de instrumentos também passou a ser digital – como no TT – com imagens coloridas, inclusive, com o mapa 3D do GPS. Completam as novidades a redução de 325 kg no peso em relação à geração anterior.
Entre os novos equipamentos tecnológicos que vêm de série no Q7 estão o som de alta qualidade da Bose, a central multimídia que permite o espelhamento da tela do smartphone (compatível com IOS via CarPlay e com Android via Google Android Auto), o head up display (visor que projeta informações na altura do para-brisas) e o sistema com modos de condução que ganha mais uma opção Off-Road. 
São seis modos: Off-Road (para terrenos difíceis), Eficiente (privilegia o consumo), Conforto (ideal para longas viagens), Automático (se ajusta de acordo com o estilo de condução), Dinâmico (voltado para melhor performance) e Individual (permite ajustar cada característica segundo as preferências do motorista). 
Passado
Lançado no Brasil em 2008, o Audi Q7 teve a sua segunda geração apresentada na Europa no final de 2014. Ela desembarcou no País, contudo, apenas em janeiro de 2016.
publicidade
Opinião do dono
10
Avaliação Geral
1 avaliações
10
Conforto
Melhor nota
9
Performance
Pior nota
publicidade
publicidade