10 coisas sobre: comprar um carro 0 km

Conheça os passos para realizar o sonho de ter um veículo novo na garagem

20/12/2010 - Fernando Pedroso / Fonte: iCarros

10 coisas sobre: comprar um carro 0 km
Em uma pesquisa divulgada pelo Ibope em outubro, cerca de 9,5 milhões de pessoas da classe C - hoje, a maior classe consumidora do Brasil - sonham em ter um carro 0 km na garagem. O item só perde para a casa própria. Mas realizar a compra do automóvel exige certos cuidados para que seja prazerosa, como toda a realização de um sonho. O iCarros listou as 10 coisas que o comprador precisa saber antes de visitar a concessionária.

1 - Pesquise os modelos que atendem suas necessidades. Leia comparativos e avaliações para se informar sobre todas as características de cada um. Compare os dados de cada carro que te interessa e vá para a concessionária sabendo o que procura.

2 - Ao verificar o preço do 0 km, avalie como é a sua desvalorização no mercado. Para isso, procure o valor do mesmo carro ou de seu antecessor com três ou quatro anos de uso na Tabela FIPE, uma referência no mercado de usados.

3 - Vá até a concessionária conhecer o carro de perto. Veja se o interior atende suas necessidades para o dia a dia (espaço, conforto, desempenho...) e, caso seja um lançamento, se é tão bonito quanto você achou que era pelas fotos.

4 - Faça um teste drive para analisar a posição de dirigir e o desempenho. Apesar de ser um contato muito rápido, explore ao máximo todas as funções e ajustes disponíveis no modelo, como a dos bancos, do volante e do computador de bordo, caso disponível.

5 - Escolha os opcionais disponíveis no site da montadora. Dependendo da configuração e da cor escolhida, a entrega pode demorar. Os vendedores, normalmente, oferecem o que há no estoque para pronta entrega. Veja se uma dessas unidades atende sua demanda.

6 - Compare os preços e as condições com outras concessionárias. Cada uma tem uma política de negociação e até de avaliação do automóvel usado que pode ser usado como entrada no novo. Se preferir, você pode anunciar seu carro antigo e aguardar por uma boa oferta.

7 - Negocie os juros do financiamento, que variam de acordo com o valor da entrada e com o prazo. Quanto mais longo, maior é o juro cobrado. Quanto menos meses durar os carnês, menos o consumidor paga de encargos na prestação.

8 - Consulte a loja de acessórios originais, presente em quase todas as concessionárias. O comprador pode escolher rodas, equipamentos de som, tapetes e outros itens. Só é preciso tomar cuidado com a instalação elétrica de alguns acessórios, pois se algum fio for cortado, a garantia pode ser restrita ou até cancelada.

9 - Dê entrada na documentação para emplacar. Muitas concessionárias oferecem o serviço por despachante próprio, mas o próprio comprador pode fazer isso diretamente no Detran ou Ciretran da cidade em que o automóvel será emplacado.

10 - Não se esqueça de saber como funciona o pós-venda. Muitas fabricantes adotaram o preço da revisão fixa, mas se não for o caso, pesquise antes o preço da manutenção e a facilidade de encontrar peças na rede autorizada. Se couber no bolso, parabéns pela aquisição.

> Quer dicas para comprar um carro usado? Veja aqui

> Quer dicas para vender um carro usado? Veja aqui


  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

publicidade