Teste S40 T4

O S40 T4 é a mistura de esportividade com luxo na dose certa. O motor tem 200 cavalos com apenas 2 litros.

08/04/2002 - Redação / Fonte: iCarros

 
 
Acabamentos em madeira
  • 1 | 6
  • Acabamentos em madeira
  • Acabamentos em madeira Faróis de Xenon com lavadores esportividade e luxo no S40 Rodas aro 16" Belas linhas da traseira Generosa ponteira do escape
     O S40 T4 utiliza um motor 4 cilindros de 16 válvulas turbinado, de projeto Mitsubishi. São 200 cavalos disponíveis nas rodas dianteiras, e que devem ser domados com certa precaução. O carro possui duas personalidades distintas por conta da turbina de alta pressão, de onde vem a designação T4. Em baixa rotação o motor tem comportamento semelhante a um aspirado, saindo da imobilidade até com certa indolência. Entretanto se a rotação alcança os 3.000 giros/ minuto, o motor muda completamente. A turbina se faz presente, soprando forte e mudando a personalidade do carro. Se o pedal do acelerador for pressionado com vigor, o motor responde imediatamente, subindo rápido de rotação, pronto para acelerar. O câmbio automático de 5 marchas ajuda muito nessa parte. Ele é auto-ajustável de acordo com a condução de dirigir. As trocas de marcha podem ser feitas em altos ou baixos giros, de acordo com o estilo do motorista, previlegiando uma tocada mais esportiva ou conservadora respectivamente.

Os números de desempenho do S40 T4 impressionam. A velocidade máxima é de 230 km/h e o 0 a 100km/h em apenas 7,8 segundos surpreendem. Suas retomadas são feitas com vigor e facilitando ultrapassagens, o que é mais um ponto positivo na segurança. Apesar da “usina de força” de 200cv, ele não é um beberrão inveterado. O consumo fica entre 8km/l na cidade e 10,5km/l na estrada, podendo melhorar com o uso do piloto automático.

Seu comportamento dinâmico é muito bom, auxiliado pela ótima suspensão. Na dianteira é McPherson e na traseira Multilink com braços de suporte arrastados. Em pisos irregulares o carro tende a ficar instável devido à calibragem dos amortecedores, que poderiam ser mais macios. Porém o S40 não foi feito para enfrentar o piso irregular de nosso país. Em asfalto bom, que todo país civilizado deveria ter, o comportamento da suspensão é irretocável, segurando bem o carro com o conforto já conhecido da marca.

O estilo do S40 é um pouco diferente dos seus irmãos maiores, entretanto quem olha de longe sabe logo que se trata de um Volvo, e ao se aproximar, percebe-se uma mistura de linhas clássicas e esportivas. Os faróis de Xenon com máscara negra dão personalidade ao carro e são mais ponto positivo na segurança, pois iluminam muito bem. Toques de esportividade são reforçados pelas rodas de 16”, pneus de perfil baixo, maçanetas cromadas e saída de escapamento com desenho arrojado.

Internamente o S40 é um luxo só. Os bancos de couro com regulagem elétrica e memórias para posição são muito confortáveis e encaixam perfeitamente o corpo. Os bancos dianteiros utilizam sistema Whips, que evita o efeito chicote do pescoço em caso de colisão. Os detalhes de madeira no painel, volante, manopla de câmbio e forros de porta combinam com o estilo do carro e dão personalidade ao modelo.

O S40 T4 mantém a tradição da montadora Sueca, por colocar a segurança em primeiro lugar. O carro possui freios ABS com EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem), airbags frontais, laterais, cortinas infláveis nas janelas, bancos com sistema Whips, bancos traseiros especiais para acomodação de crianças, DAS (controle de estabilidade e tração) e faróis de Xenon.

O Volvo S40 T4 custa R$97.800 nas
concessionárias.

Ficha Técnica
Motor: 4 cilindros de 2.0 litros e 16 válvulas turbinado
Potência: 200cv
Torque: 30kgfm
Velocidade Máxima: 230km/h
Aceleração 0-100km/h: 7,8s
Consumo cidade: 8,0km/l
Consumo estrada: 10,5km/l
  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

publicidade