Brasileiro,New Fiesta 2014 parte de R$ 38.990

Versão de entrada do compacto teve redução de mais de R$ 6 mil na comparação com o modelo que era trazido do México

22/04/2013 - Thaís Villaça, de Foz do Iguaçu (PR), e Thiago Moreno / (Fotos: Divulgação) / Fonte: iCarros

 
 
Versão de entrada do Fiesta brasileiro tem motor 1.5 flex com até 115 cv
  • 1 | 17
  • Versão de entrada do Fiesta brasileiro tem motor 1.5 flex com até 115 cv
  • Versão de entrada do Fiesta brasileiro tem motor 1.5 flex com até 115 cv Direção elétrica, ar-condicionado, airbag duplo frontal e ABS são de série Modelo é fabricado agora em São Bernardo do Campo (SP) As versões com motores 1.6 têm comando variável de válvulas e até 130 cv Transmissão automática de dupla embreagem PowerShift está disponível nas versões 1.6 Interior do New Fiesta brasileiro Todos os motores contam com sistema de partida a frio que dispensa o subtanque de gasolina Câmbio PowerShift, disponível nas versões 1.6, é ágil Por dentro, o Fiesta brasileiro mudou pouco em relação ao que era importado do México Visual com grande grade frontal lembra os Aston Martin Versão Titanium automática é a mais cara e custa R$ 54.990

Depois de revelar com toda pompa e circunstância a nova geração do New Fiesta há cerca de três semanas, com direito à show de Cláudia Leitte, a Ford apresentou o carro ontem (21) durante o X-Games, em Foz do Iguaçu (PR). O modelo, antes importado do México, começou a ser produzido na fábrica da empresa em São Bernardo do Campo (SP) e agora será vendido com duas opções de motor, além de passar a oferecer câmbio automático, configuração inexistente na geração anterior.

A versão de entrada 1.5 S, com motor de até 111 cv, parte de R$ 38.990, uma redução de R$ 6.380 em relação ao modelo mexicano, que era equipado com motor 1.6 de até 115 cv e cujo preço começava em R$ 45.370. Em relação ao conteúdo, o atual modelo só perdeu as rodas de alumínio de 15 polegadas, que passaram a ser opcionais. Por outro lado, ganhou freios ABS com EBD e duplo airbag de série.

Completam a lista de equipamentos ar-condicionado, direção elétrica, sistema de entretenimento My Connection (rádio com USB e Bluetooth), alarme, vidros dianteiros, travas e retrovisores elétricos e sistema Easy-Start, que elimina o tanque auxiliar de combustível para partidas a frio. Já a versão SE, por R$ 42.490, conta ainda com rodas de liga leve e farois de neblina.

Com a motorização 1.6 de até 130 cv, o preço inicial é R$ 45.490 na versão SE, que também traz ESC (controle eletrônico de estabilidade), TCS (controle eletrônico de tração), HLA (assistente de partida em rampa), ar-condicionado digital, vidros elétricos traseiros, sistema de entretenimento SYNC em português, controles de áudio no volante e rodas de alumínio de 15 polegadas.

A topo de linha Titanium vem com sete airbags (incluindo um para o joelho do motorista), bancos e volante com acabamento em couro, rodas de alumínio de 16 polegadas, piloto automático, sensor de estacionamento, retrovisor eletrocrômico, sensor de chuva e acendimento automático dos farois. Custa R$ 51.490. Nos modelos 1.6, é possível ainda optar pelo câmbio automático PowerShift de seis velocidades, por R$ 3.500 a mais (R$ 48.990 na SE e R$ 54.990 na Titanium).

Apesar de ser considerado um compacto premium, a Ford mira em concorrentes mais populares, como Hyundai HB20 1.6 e Chevrolet Onix 1.4, atuais campeões em vendas entre os hatches com motor acima de 1.0. “Vamos buscar a liderança nesse segmento, por isso nossa meta é vender mais de 6.000 carros por mês”, afirma Oswaldo Ramos, gerente geral de marketing da marca.

Ergonomia se mantém como ponto forte do modelo

A característica que mais chama a atenção no New Fiesta nacional é, sem dúvida, a nova grade dianteira, com o mesmo “bocão”mostrado recentemente no sedã Fusion, uma descarada “inspiração”nos veículos da Aston Martin. Dessa forma, o carro se alinha à linguagem mundial de design da marca, denominada Kinetic 2.0 – incorporação esperada para o quarto modelo global lançado no País no último ano (a lista é formada por Ranger, EcoSport e Fusion).

De resto, pouca coisa muda visualmente. Um ponto negativo foi a substituição das luzes de leds no para-choque dianteiro para dar lugar a farois de neblina convencionais, um conservadorismo que não condiz com a imagem de modernidade que a marca pretende alardear . Por dentro, o acabamento continua satisfatório, mas sem grandes ousadias. A nova iluminação azulada do painel chamada Ice Blue, outro padrão mundial da Ford, melhorou a leitura dos instrumentos, além de deixá-lo mais atraente.

Outro ponto forte do New Fiesta é sua ergonomia – elogiável desde a versão mexicana –, com posição de dirigir confortável para todos os gostos. Pena que a Ford tenha disponibilizado um test-drive curto e de apenas uma versão.  A versão equipada com motor 1.5 DOHC 16V, com 107 cv de potência com gasolina e 111 cv com etanol, e câmbio manual de cinco velocidades, apenas por trechos urbanos. O hatch tem boa dirigibilidade e respostas rápidas nas acelerações, e a transmissão, já conhecida em outros modelos da marca, tem engates precisos. A suspensão firme garante estabilidade em curvas.

O iCarros também andou na topo de linha Titanium com motor 1.6 16V flex de 130 cv com etanol e 125 cv com gasolina, equipado com a transmissão PowerShift, automática de dupla embreagem com seis marchas. Nessa configuração, o comando variável de válvulas se faz valer, entregando respostas ágeis mesmo em baixas rotações. Porém, quem faz parte importante desse serviço é o câmbio: ágil, opera suavemente, sem que o motorista perceba as trocas. O único ponto negativo é o botão para as trocas manuais, pequeno, que dificulta a operação.

New Fiesta Sedan chega em junho - Para aqueles que precisam de um porta-malas maior (o do hatch tem 281 litros), o jeito é esperar a versão sedã, prevista para chegar ao Brasil em junho, em lançamento simultâneo ao do mercado norteamericano. Por enquanto, o modelo não será fabricado no País e continuará sendo importado do México. Dependendo da demanda, a Ford considera fabricar o sedã por aqui.

Veja os preços do Ford New Fiesta 2014:
- 1.5 S: R$ 38.990
- 1.5 SE: R$ 42.490
- 1.6 SE: R$ 45.490
- 1.6 SE PowerShift: R$ 48.990
- 1.6 Titanium: R$ 51.490
- 1.6 Titanium PowerShift: R$ 54.990

Viagem a convite da Ford

Confira amanhã (22/4) no iCarros a avaliação completa do Ford New Fiesta 2014.

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

publicidade