Novo Porsche Panamera custa a partir de R$ 758 mil

Nova geração do modelo de quatro portas terá três configurações e duas opções de motorização disponíveis no Brasil

16/02/2017 - Thiago Moreno / Fotos: iCarros e divulgação / Fonte: iCarros

A Porsche está apresentando ao mercado brasileiro a segunda geração do Panamera, esportivo de quatro portas que chega como versão 2017. O modelo esteve presente no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro de 2016. A novidade estará dsiponível em três configrações com duas opções de motorização: 4S, 4S Executive e Turbo. Os preços variam entre R$ 758.000 e R$ 981.000. 

Leia mais:
10 carros que ainda vão ser legais em 2027 
Índice lista os 10 carros mais caros para se consertar 
Os carros mais caros sem controle de estabilidade

Entre as principais mudanças no visual estão grade, faróis e para-choque dianteiro revisados. O mesmo aconteceu na traseira, com destaque para as lanternas mais afiladas e com elementos que as interligam. Além disso, o aerofólio traseiro pode se erguer eletricamente em duas peças separadas. Nas laterais, as janelas traseiras agora se assemelham mais aos icônicos vidros traseiros do 911. Por dentro, todo o painel foi redesenhado e grande parte dos botões foram substituídos por telas sensíveis ao toque. Entre os instrumentos, apenas o conta-giros permanece analógico, com todas as demais informações exibidas digitalmente.

O novo Panamera também cresceu na comparação com a geração anterior. Tem 5,05 m de comprimento (+ 34 mm), 1,93 m de largura (+ 6 mm) e 1,42 m de altura (+5 mm). A distância entre-eixos foi aumentada em 30 mm, atingindo 2,9 m. Há uma configuração com entre-eixos alongado em 15 cm, que leva o comprimento a 5,19 m. O porta-malas é sempre de 495 litros. O peso varia entre 1.870 kg e 1.995 kg.

Os motores podem ser V6 ou V8, ambos redesenhados. O primeiro tem 2,9 litros (contra 3.0 do anterior) de capacidade cúbica e é alimentado por duas turbinas - instaladas entre as duas bancadas de cilindros do V -, entregando 440 cv de potência e 56 kgfm de torque. O novo V8 é 4.0 (4.8 no anterior), com duas turbinas centrais como no V6, mas do tipo twin scroll, que prometem respostas mais rápidas, enquanto a potência é de 550 cv e o torque é de 78,5 kgfm.

Ambos são acompanhados por uma nova transmissão automática de dupla embreagem e oito velocidades, ante sete na geração antiga, e a tração é integral para os dois motores. Opcionalmente podem ser adquiridos equipamentos como eixo traseiro direcional ou freios de cerâmica. 

A aceleração de 0 a 100 km/h decalarada para a Porsche se dá em 4,4 segundos no V6 standard, 4,5 segundos no V6 alongado e 3,6 segundos no V8. As velocidades máximas são respectivamente 289 km/h, 289 km/h e 306 km/h. As três configurações trazem de série suspensão pneumática adaptativa.

Veja os preços e equipamentos do novo Porsche Panamera:

4S V6 (R$ 758.000) - direção eletro-mecânica, ar-condicionado automático digital de quatro zonas, sistema de som Bose, bancos de couro com regulagens elétricas, assistente de baliza com câmeras, chave presencial, 12 airbags, faróis de LED, teto-solar elétrico panorâmico, tela central sensível ao toque com navegação por GPS e rodas de liga leve aro 20 polegadas. 

4S V6 Executive (R$ 807.000) - mesmos itens do 4S V6 com entre-eixos alongado.

Turbo V8 (R$ 981.000) - acrescenta sistema de escape esportivo em aço inox, bancos traseiros também com regulagem elétrica e memória, cortinas elétricas traseiras, rodas aro 21 polegadas, assistente de mudança de faixa, piloto automático adaptativo, pacote Sport Chrono (inclui cronômetro e melhoras de perfomance).

A Porsche ressalta que virtualmente qualquer opcional disponível para o Panamera na Alemanha pode ser trazido para o Brasil, levando de três a quatro meses para chegar. Porém, é preciso cuidado. Só o opcional de freios de cerâmica, por exemplo, sozinho, custa R$ 51.796.

Vendas?

Em 2016, a Porsche comercializou 1.010 unidades com a maior porção das vendas concentrada nos SUVs Macan e Cayenne. O Panamera, ainda na geração anterior, teve apenas 20 unidades comercializadas. Com a nova geração, a Porsche não quis especular números, mas Matthias Brück, diretor presidente da marca no Brasil, se mostrou otimista: "o carro está em pré-venda desde o Salão e estamos animados com a resposta do público. Devemos vender bem mais que 20 unidades". Os carros já encomendados devem começar a ser entregues nas próximas semanas.

Como anda?

iCarros conseguiu um contato breve com o novo Panamera 4S V6 "de entrada" (muitas aspas aqui). Falando do visual, ficou muito mais agradável e harmonioso. Sob determinados ângulos lembra até o 911. O painel ficou mais moderno, mas a profusão de novos comando em telas sensíveis ao toque pode levar algum tempo para se acostumar. O conforto é uma palavra que está presente em vários aspectos do carro, principalmente na cabine. São quatro lugares, todos com ar-condicionado individual e ajustes elétricos. Há até uma tela para os passageiros traseiros com algumas das funções da tela dianteira.

Andando, o grande destaque é a forma com a qual ele disfarça seu peso. Mesmo no motor menos potente, o Panamera arranca com vigor de sobra. Nas curvas, o volante é leve e responde rápido aos comandos. Em resumo, não parece um carro de quase duas toneladas, mas um carro bem acertado com uns bons 400 kg a menos.

Test-drive a convite da Porsche
 

 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro