Brasil proibirá carro híbrido, flex ou diesel em território

Apenas carros totalmente movidos a eletricidade poderão entrar em Fernando de Noronha em 2022

10/06/2019 - João Brigato / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

A ilha de Fernando de Noronha, território do estado de Pernambuco, determinou que carros movidos a combustão serão proibidos de entrar por lá a partir de 2022. Os carros movidos a gasolina, etanol, diesel ou híbridos que atualmente circulam por lá terão que deixar Noronha até 2030.

Leia mais:
Antiga promessa para o Brasil, Renault Koleos muda visual
Fiat-Chrysler desiste de aliança com Renault
Renault Sandero 2020: traseira nova, CVT e versões do Kwid

O decreto-lei assinado por Paulo Câmara, governador de Pernambuco, determina que qualquer tipo de veículo que emita dióxido de carbono na atmosfera terá sua entrada proibida na ilha a partir de 10 de agosto de 2022. Esse decreto inviabiliza também a entrada de híbridos, mesmo que circulem apenas em modo elétrico.

Veja aqui quanto pagar nas parcelas do seu próximo carro

A remoção total de veículos a combustão será feita em 2030, onde os atuais 1.420 carros que circulam no local deverão ser substituídos por elétricos. Atualmente, apenas 544 carros dos que circulam por Noronha são particulares.

Renault Noronha

Fechando parceria com o governo de Fernando de Noronha, a Renault forneceu três unidades do Zoe, que é vendido oficialmente no Brasil por R$ 149.990, além dos modelos Twizy e Kangoo Z.E., ambos não oferecidos por aqui ao público comum, apenas para empresas parcerias.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro