Mercedes apresenta o EQA, seu elétrico mais barato

Primeiro modelo compacto elétrico da Mercedes foi revelado com preço inicial de € 47.540 na Alemanha

20/01/2021 - Luiz Felipe Chaguri e Rodrigo França/ Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Em apresentação mundial realizada por vídeo, a Mercedes revelou imagens do EQA, seu primeiro modelo EV (do ingês electric vehicle) compacto.

Leia mais:
+ Honda Civic Touring 2021: impressões ao dirigir
+ 5 highlanders de quatro rodas: os modelos imortais
+ Avaliamos o Land Rover Defender: estabilidade impressiona

O carro chama atenção por ser o elétrico mais barato já apresentado pela marca, com o preço de € 47.540 na versão de entrada para o mercado europeu –  aproximadamente R$ 325 mil na conversão direta.

O EQA foi mostrado apenas na versão 250 e existem chances de a versão 4x4 chegar ainda neste ano. O modelo está sendo desenvolvido sobre a plataforma MFA-II, a mesma do Mercedes GLA, este produzido somente com motor a combustão.

Apesar dos mesmos 190 cv de potência e 38,29 kgfm de torque, o EQA possui 370 kg a mais em relação ao GLA, ultrapassando a marca de 2 toneladas.

Com uma pegada bem ao estilo de SUV compacto, o modelo concorre para ganhar o apelido de “Classe A dos elétricos” no Brasil. As medidas são: 4,46m de comprimento, 1,83m de largura e 1,62m de altura. A distância entre-eixos é de 2,73m e o carro possui rodas de liga leve aro 18.

A velocidade máxima é de 160 km/h e a autonomia é de 426 km, graças às baterias de íons de lítio de 66,5 kWh, que impulsionam um único motor elétrico nesta versão. O EQA pode acelerar de 0-100 km/h em 8,9 segundos.

A parte interna do carro é bem familiar ao que vemos em um GLA, com sistema de multimídia MBUX em duas telas de sete polegadas (apenas na versão de entrada) ou em duas telas widescreen de 10,25 polegadas.

A grande diferença é o “QI elétrico” do carro, que está totalmente incorporado ao seu sistema de navegação. Ele não apenas permite que o EQA calcule sua rota mais eficiente, como também avisa ao motorista se será necessário fazer uma parada para recarga no caminho, de acordo com sua autonomia.

Em um ponto de recarga tradicional (wallbox ou de estação pública), o modelo precisará de aproximadamente 5h45 para ser recarregado totalmente, por conta da potência (AC) de 11 kW. Em local de recarga ultrarrápida de corrente direita (DC) até 100 kW, o EQA poderá ter recarga de 80% feita em até 30 minutos apenas.

O funcionamento da bateria segue o padrão alemão de qualidade e a bomba de calor – que refrigera o sistema – permite que ela trabalhe em uma temperatura sempre próxima do ideal.

A expectativa é de que o EQA chegue ao Brasil, mas lembre-se que ele será vendido aqui apenas como modelo importado. Isso porque a montadora alemã anunciou o encerramento de suas atividades na fábrica de Iracemápolis (SP), a única para carros de passeio que a Mercedes mantinha no País. 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

  • Seguro Auto

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro
Para proteger e melhorar a sua experiência no site, nós utilizamos cookies e dados pessoais de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao navegar pela nossa plataforma, você declara estar ciente dessas condições.