Novo Hyundai Creta faz 21,4 km/l e tem estilo polêmico

Na Índia o novo Hyundai Creta traz opção de motor diesel ou dois tipos gasolina mais fracos que os oferecidos no Brasil

28/02/2020 - João Brigato / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Fazendo lançamento a conta-gotas, a nova geração do Hyundai Creta teve novas informações reveladas na Índia. Depois de mostrar seu novo visual que é mais polêmico do que o do HB20 2020, o novo Creta teve agora dados de consumo e motorização revelados. No Brasil o SUV compacto deve ganhar desenho semelhante, mas os motores serão diferentes.

Leia mais:
+ Hyundai HB20 Sport estreia com motor turbo por R$ 70.990
+ Hyundai estaria trabalhando em um rival para o Renault Kwid
+ Kia Rio não terá motores 1.0 e turbo do HB20 no Brasil

Diesel, gasolina, aspirado e turbo

Na Índia a Hyundai oferece três motores diferentes, sendo dois gasolina e um diesel – desses, dois são turbinados. Já na linha brasileira o atual Creta usa motores flex aspirados 1.6 de 130 e 16,5 kgfm cv e 2.0 de 166 cv e 20,5 kgfm. A nova geração deverá adotar o 1.0 T-GDi turbo cv 120 cv e 17,5 kgfm por aqui.

Voltando ao Creta indiano: a versão de entrada usa motor 1.5 quatro cilindros aspirado com 115 cv e 14,7 kgfm – substancialmente mais fraco que o 1.6 flex do Creta brasileiro. Com esse motor 1.5, o Creta entrega consumo médio cidade e estrada de 16,8 km/l. É o mesmo consumo do 1.4 turbo de 140 cv e 24,7 kgfm.

Encontre seu novo Creta aqui

Na Índia a opção mais frugal fica por conta do motor diesel 1.5 quatro cilindros turbo de 115 cv e 25,5 kgfm. Nessa variante o consumo é de 21,4 km/l.

A Hyundai indiana oferece quatro tipos de transmissão diferentes para o Creta 2020: manual de seis marchas para todos os modelos, CVT para o 1.5 aspirado, dupla embreagem de sete marchas para o turbo gasolina e automática tradicional de seis marchas no diesel. Não há opção de tração 4x4.

Nova geração ou não?

De maneira semelhante ao HB20, a tida como segunda geração do Hyundai Creta é, na realidade, uma reestilização pesada. O SUV compacto manteve as medidas praticamente inalteradas, porém não há uma única peça externa igual ao modelo vendido no Brasil.

Veja aqui ofertas de HB20 na sua cidade

Creta 2021 indiano e ix25 chinês se diferenciam apenas pela grade frontal: no Creta ela tem três barras horizontais mescladas por quadro filetes horizontais, produzindo um efeito visual bastante semelhante ao aplicado no HB20 brasileiro.

O ponto mais polêmico da dianteira fica por conta dos faróis full-LED divididos em três partes conectadas visualmente. No para-choque ele traz um falso quebra-mato em cinza, o que ajuda a dar robustez ao design. Capô e teto retilíneos, além de coluna A com efeito flutuante são conexões visuais com o atual Creta vendido no Brasil.

Nas laterais o novo Creta ganhou vincos fortes e para-lamas destacados. Há também uma nova moldura cinza na parte superior das janelas que se estende até a coluna C. Segundo a Hyundai, isso cria efeito de coluna C flutuante e destaca mais o teto em pintura contrastante.

Simule aqui as parcelas do seu próximo carro

As lanternas traseiras também são divididas em três partes, porém conectadas visualmente por um degrau na tampa do porta-malas. Até mesmo a luz auxiliar de freio do novo Hyundai Creta fica nesse ressalto do porta-malas. No Brasil o novo Creta deverá adotar estilo menos polêmico e ousado para amansar as críticas.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro