Rota 2030 é aprovado durante Salão de São Paulo

O presidente da república, Michel Temer, assinou decreto que regulamenta novo regime na abertura do Salão

09/11/2018 - Redação / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Depois de um longo atraso e de quase um ano sem um regime automotivo regulamentado, o Rota 2030 finalmente sairá do papel. Durante a abertura do Salão do Automóvel de São Paulo para o público, o atual presidente da república, Michel Temer, assinou um decreto que regulamenta o novo regime.

Leia mais:
Os carros do Salão do Automóvel 2018 que dependem do dólar
Quais foram os principais carros Salão do Automóvel 2018?
Projeção: Como pode ficar o Fiat Fastback, o SUV da Toro

Apesar da aprovação, dos nove destaques da Medida Provisória 843/18 que cria o Rota 2030, apenas seis foram aceitas pela câmara. Os deputados vetaram o aumento de incentivos fiscais para fabricantes instaladas no Centro-Oeste que, a princípio, se igualaria aos valores praticados no Nordeste. A justificativa de montadoras instaladas na região central do Brasil para o aumento de incentivos se deu por conta dos maiores custos de logística acarretados na distribuição de veículos, além de ter um menor parque de fornecedores a disposição quando comparada à região mais ao sul do país. 

Simule as parcelas do seu próximo carro

Por outro lado,  o Rota 2030 teve aprovada a redução de até três pontos porcentuais para o IPI de carros flex – até então o máximo de redução regulamentada era de dois pontos. Como parte importante do programa, as fabricantes instaladas no Brasil deverão investir em pesquisa e desenvolvimento local.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro