Versão barata da Ford Ranger volta, demais opções encarecem

Versão de entrada mais simples da picape não tem para-choques que foram modificados na linha 2020

11/11/2019 - João Brigato / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Reestilizada em junho, a Ford Ranger perdeu as versões de entrada XL com cabine simples e dupla além da opção de motorização flex. Agora às vésperas do ano acabar, a caminhonete média volta a oferecer a opção XL no Brasil. As demais versões seguem sem alterações, mas ficaram mais caras.

Veja aqui ofertas de Ranger na sua cidade

Voltada ao trabalho, a Ford Ranger XL será oferecida nas opções cabine simples por R$ 126.800 ou cabine dupla por R$ 133.800. Em ambas o motor é 2.2 Duratorq diesel de 160 cv e 39,2 kgfm de torque. Nessa versão, o câmbio é sempre manual de seis marchas a tração 4x4 é item de série.

Ranger basicona

Em relação às demais Ranger, a XL tem para-choques sem pintura e com o mesmo visual pré-reestilização. Além disso, maçanetas e retrovisores não recebem pintura. Outro diferencial fica por conta das rodas de aço e dos faróis com máscara negra. Por dentro, acabamento simplificado e sem luxos.

A lista de itens de série da Ford Ranger XL é composta por direção elétrica, rádio simples, ar-condicionado e travas elétricas. Os vidros têm acionamento manual por manivelas, incluindo nas portas traseiras no caso da Ranger XL Cabine Dupla. A única cor não cobrada é o Vermelho Bari, já que o tom Branco Ártico é opcional e custa R$ 750 extra.

Ranger mais cara

Marcando a estreia da nova versão, a Ford deixou a Ranger mais cara nas demais configurações. O preço subiu proporcionalmente às versões, ou seja, quanto mais cara o modelo, maior o aumento de valores de tabela.

Melhores destaques para você:
+ Ford Ranger encosta na S10 e Oroch passa Amarok em outubro
+ Registro da Ford na Europa índica que Fusion pode não morrer
+ Ford Ranger terá seis versões apresentadas no SEMA
+ Ford Ka Freestyle 1.0: um suspiro de aventura | Avaliação
+ Ford não desiste das minivans e lança novas S-Max e Galaxy
+ Ford Puma custa o equivalente a um EcoSport Storm na Europa

Assim, a Ranger menos afetada foi a XLS automática que encareceu R$ 1.550. A XLS 4x4 manual está R$ 2.170 mais cara, ao passo que a mesma configuração, porém com câmbio automático encareceu R$ 2.180. Enquanto a XLT ficou R$ 2.370 mais cara, a Limited topo de linha teve seu preço reajustado em R$ 3.800.

Confira a tabela de preços da Ford Ranger 2020:

XL 2.2 4x4 Cabine Simples Manual: R$ 126.800 (versão nova)
XL 2.2 4X4 Manual: R$ 133.800 (versão nova)
XLS 2.2 Automática: R$129.800 (antes: R$ 128.250)
XLS 2.2 4×4 Manual: R$ 149.690 (antes: R$ 147.520)
XLS 2.2 4×4 Automática: R$ 156.790 (antes: R$ 154.610)
XLT 3.2 4×4 Automática: R$ 178.790 (antes: R$ 176.420)
Limited 3.2 4×4 Automática: R$ 192.790 (antes: R$ 188.990) 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro