VW T-Cross chegará na Argentina em três versões e sem turbo

SUV compacto feito no Brasil será exportado para o país vizinho apenas com motorização 1.6 aspirada e nomes conhecidos

24/05/2019 - Thiago Moreno / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Enquanto no Brasil a Volkswagen lançou o T-Cross apenas com motorizações turbinadas e adotou o número torque em Newton-Metros junto à nomenclatura das versões, os argentinos receberão um T-Cross relativamente bem diferenciado do nosso. Por lá, será disponibilizada apenas a motorização 1.6 MSI aspirada com 110 cv de potência, com opção de câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades.

Leia mais:
Em números: Honda HR-V Touring ou VW T-Cross Highline?
Veja quais são os 10 SUVs mais econômicos do Brasil

Leia mais:

O modelo já está em pré-venda, mas os preços serão revelados apenas na apresentação oficial do modelo por lá. Enquanto isso, sabe-se que ele adotará nomes de versões bem conhecidas dos brasileiros, mas que a VW optou por não oferecer totalmente no Brasil. São elas T-Cross Trendline, T-Cross Comfortline e T-Cross Highline.

Veja ofertas de modelos da Volkswagen perto de você
Simule aqui o quanto gastar nas parcelas de seu próximo carro

Polo e Virtus 1.6 automáticos também surgiram lá primeiro

Mesmo sendo fabricados no Brasil, Polo, Virtus e T-Cross adotam estratégias diferenciadas entre aqui e a Argentina. Por exemplo: por meses os argentinos tiveram o hatch e o sedã automáticos mais em conta com motor 1.6, opção que foi dada ao público brasileiro há não muito tempo. Agora resta saber se a VW resolverá fazer o mesmo com o SUV, tendo um T-Cross 1.6 aspirado com câmbio automático.
 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro