Ford Ranger 2020 ganha motor biturbo e câmbio de Mustang

Já lançada nos EUA e agora desembarcando renovada à Europa, picape média da Ford fica no aguardo de mudanças no Brasil

24/01/2019 - João Brigato / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Marcando seu retorno ao mercado norte-americano, a Ford Ranger ganhou algumas mudanças pontuais no design que agora chegam ao modelo europeu. Enquanto o Brasil (e a Argentina) ainda não contam com as alterações na picape média, os países da Europa recebem como principal novidade o motor EcoBlue diesel com opção biturbo.

Leia mais:
Ford dá sinal verde para picape concorrente da Fiat Toro
Hilux domina Austrália. Corolla vende o dobro do Golf
Ford e Volkswagen assinam acordo de cooperação

Seguindo os passos da Amarok

Tal qual sua rival (e futura companheira de desenvolvimento) Volkswagen Amarok, a Ranger 2020 agora é equipada com motor 2.0 quatro cilindros turbo diesel. Em substituição aos antigos propulsores, incluindo o 3.2 cinco cilindros, a nova família EcoBlue traz três opções de potência. Com um turbo, o 2.0 diesel tem 130 cv e 34,7 kgfm de torque ou 170 cv e 42,9 kgfm de torque. Já a variante biturbo bate os 210 cv e 51 kgfm de torque.

Confira aqui ofertas de Ranger

Independentemente da quantidade de turbos e da potência, a transmissão automática passa a ser a mesma usada no Ford Mustang e no Chevrolet Camaro, além das picapes grandes da dupla de marcas rivais. Com dez marchas, ela promete maior suavidade nas trocas e robustez. Segundo a Ford, o novo conjunto faz com que a Ranger seja capaz de carregar 1.252 kg na caçamba ou rebocar até 3.500 kg.

Um toque de Ka

O visual passou por alterações mais discretas quando comparado ao facelift anterior. A grade frontal ganhou contornos cromados mais discretos e duas barras paralelas ao centro como na grandalhona F-150. O novo para-choque traz luzes de neblina conectadas a um vinco em C como no novo Ka. Já a versão aventureira Wildtrack traz para-choque exclusivo com grade frontal em preto interligada à entrada de ar inferior.

Vai trocar de carro? Simule as parcelas aqui

A traseira não mudou e nem adotou as lanternas de LED usadas na Ranger americana. Além disso, o interior permanece o mesmo. As novidades ficam por conta da tecnologia: agora a Ranger europeia conta com park assist (estacionamento autônomo), assistente de pré-colisão com detector de pedestres, limitador de velocidade com leitor de placas, além de outros itens já presentes no modelo vendido por aqui, como controle de cruzeiro adaptativo, alerta de colisão frontal e manutenção em faixa.  

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro