Rivian R1S tem dois porta-malas, 7 lugares e é muito rápido

Depois de revelar a picape elétrica que é tão rápida quanto uma Ferrari, marca apresenta a versão SUV

04/12/2018 - João Brigato / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Uma das marcas que mais surpreendeu e chamou a atenção no Salão de Los Angeles foi a estreante Rivian. Além de apresentar a primeira picape elétrica do mundo, a R1T, a fabricante revelou também sua versão SUV. Batizado de Rivian R1S, o utilitário esportivo de sete lugares vem para brigar com o Tesla Model X pelo título de SUV de sete lugares mais rápido do mundo.

Leia mais:
Picape elétrica da Rivian é mais rápida que uma Ferrari
Chinesa Zotye anuncia venda do mini-elétrico E200 no Brasil

ZOE, Leaf ou Bolt: qual o melhor carro elétrico pelo preço?

Diferentemente de seu rival que aposta no estilo cupê, o Rivian R1S é um típico SUV norte-americano com visual caixote. O visual parrudo traz semelhanças com o Land Rover Range Rover Vogue, especialmente por conta do teto estilo flutuante e da carroceria com linhas retas para todos os cantos.

Dois porta-malas

Tal qual acontece na picape, o SUV tem dianteira com estilo exótico, marcada pela grande barra luminosa cortada por dois ovais que concentram as luzes de iluminação principais. A traseira tem tampa dividida em duas partes e uma grande barra luminosa vermelha com o inscrito Rivian logo abaixo. Tal qual outros SUVs atuais, o teto tem pintura contrastante.

Simule as parcelas do seu próximo carro

Por dentro, o SUV elétrico traz duas telas de grandes proporções (painel de instrumentos e central multimídia), além de materiais nobres como couro e madeira por todos os cantos. Há espaço para sete pessoas, distribuídas em três fileiras de bancos. A marca não divulgou a capacidade do porta-malas do SUV, mas ele conta com o frunk (porta-malas dianteiro) de 300 litros, como na picape.

Autonomia maior que muito modelo a diesel

O Rivian R1S contará com três versões com baterias e alcance diferente. As versões mais baratas terão conjunto de baterias de 105 kWh e autonomia de 386 km, enquanto os modelos intermediários usarão um sistema de 135 kWh capaz de atingir 500 km de autonomia. Por fim, os modelos mais caros serão capazes de chegar a 660 km de autonomia graças às baterias de 180 kWh.

Independentemente das baterias, ele será capaz de chegar aos 100 km/h em ridículos 3 segundos. Os motores elétricos produzem juntos 754 cv e absurdos 114 kgmf de torque – mais que muito motor diesel de grande deslocamento. Com isso, o SUV será capaz de rebocar até 3.500 kg.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro