Nova geração do Passat americano abre mão da plataforma MQB

Indo na contramão de marcas rivais que desistiram dos sedãs, a Volkswagen renovou seu modelo grande

15/01/2019 - João Brigato / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Desde a estreia da sétima geração global do Passat, o modelo passou a ser diferente nos EUA e na China em relação ao restante do mundo. Desenvolvido como projeto NSM (New Midsize Sedan), o Passat americano é maior e mais simples que o sedã vendido na Europa (e na China como Magotan). Agora, a segunda geração do modelo chega, mas mantem alguns elementos do passado.

Leia mais:
Volkswagen Gol, Voyage e up! começam 2019 mais caros
Volkswagen poderá ter SUV robusto nos moldes do Troller
Projeção: como seria a versão barata do Volkswagen Jetta?

Diferentemente do modelo homônimo vendido no Brasil, o novo Passat americano não é construído sobre a plataforma MQB, mas sim sobre a mesma PQ46 usada no Skoda Superb e no Passat internacional até a sexta geração. O motor também não mudou, sendo preservado o 2.0 TSI quatro cilindros com 174 cv e 28,5 kgfm de torque – um acerto amansado do motor do Golf GTI. A transmissão é automática de seis marchas.

Jettão

O visual deixa clara a inspiração no Jetta, especialmente na dianteira. Os faróis são conectados à grade frontal por frisos cromados. A iluminação é totalmente composta por LEDs e há ainda sistema adaptativo para curvas. O para-choque esportivo da versão R-Line exibe elementos em preto brilhante e entradas de ar maiores.

Confira aqui ofertas de Passat

A lateral é marcada por vincos discretos e pelas rodas de liga leve, que vão de 17 a 19 polegadas, dependendo da versão. A traseira traz lanternas de LED com visual bastante diferente do usado em Virtus e Jetta. A tampa traseira é mais reta, deixando o Passat com estilo sedã clássico.

Vai trocar de carro? Simule as parcelas aqui

Na cabine, o modelo americano se inspira no europeu. As saídas de ar são conectadas e porções plásticas em T formam o desenho do painel. A Volkswagen afirma que usou materiais de melhor qualidade no novo Passat, incluindo mais local com superfície emborrachada. Apesar disso, o sedã mantém o freio de estacionamento manual e o painel de instrumentos analógico, itens já abandonados pelo irmão menor Jetta.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro