Salão de São Paulo: todas as marcas lançaram SUVs ou picapes

Na edição de 2018 do Salão, não houve uma montadora que não tivesse novidades em um desses segmentos

12/11/2018 - João Brigato / Fotos: João Brigato / Fonte: iCarros

Os Salões do Automóvel servem como norte dos caminhos que um mercado trilhará nos próximos anos, revelando tendências de modelos e segmentos. Assim, é comum que uma ou mais categorias se tornem tema do evento, com recorrentes lançamentos da maioria das fabricantes. E não foi diferente com o Salão de São Paulo nesse ano onde o tema principal girava em torno de SUVs e picapes.

Leia mais:
Os carros do Salão do Automóvel 2018 que dependem do dólar
Quais foram os principais carros Salão do Automóvel 2018?
Salão de SP: Hyundai antecipa HB20 e traz Creta de luxo

Não houve uma fabricante sequer que não tivesse alguma novidade, lançamento ou até conceito voltado para essas duas categorias. Como é evidente tanto no Brasil quanto em outros países, os segmentos de SUVs e picapes estão em franca expansão e crescem cada vez mais em vendas e modelos disponíveis. O destaque no Brasil vai para a categoria de SUVs compactos e para as picapes médias, que vêm ganhando cada vez mais adeptos.

Veja aqui ofertas de carros semi novos na sua cidade

A profusão de lançamentos foi tanta no Salão, que pode ser dividida em três categorias: modelos inéditos, conceitos e novas versões. A categoria de modelos inéditos inclui lançamentos para este ou para o próximo ano, além de SUVs e picapes que estão em teste por suas fabricantes. Já a divisão de conceitos conta com modelos experimentais, que antecipam futuros carros de produção ou apenas modelos de exibição de Salão. Por fim, a cateogoria novas versões inclui variantes inéditas que fizeram estreia no Salão.

Modelos inéditos

Nos dois dias de apresentação para a imprensa, o Salão foi recheado de importantes estreias nos segmentos de picapes e SUVs. Entre os utilitários esportivos, a estreia mais importante ficou por conta do Volkswagen T-Cross, que fez sua primeira aparição para o público durante o Salão. Jeep Renegade e Honda HR-V, ambos reestilizados e rivais do T-Cross, foram vistos pelo público pela primeira vez também no Salão.

Vai trocar de carro? Simule as parcelas aqui

A Fiat trouxe o 500X para teste de público, enquanto a Lifan lançou o X70 e trouxe o MyWay (e a minivan M7) para testas a receptividade dos visitantes. A CAOA Chery lançou o SUV compacto Tiggo 5X e trouxe os irmãos Tiggo 7 e Tiggo 9 para teste de público. Na Jeep, além do Renegade reestilizado, a marca exibiu o novo Wrangler e o Cherokee reestilizado, fazendo par com a RAM 1500 de nova geração no estande da frente.

O estande da Hyundai foi palco da estreia da nova geração do Santa Fe, ao mesmo tempo em que a Suzuki exibia o novo Jimny e o Vitara reestilizado. Na Kia, o Sportage reestilizado dividia atenção com o Stonic, que veio apenas a passeio. Na Nissan, a picape Frontier era revelada em novas versões ao lado do SUV médio X-Trail (que talvez será vendido por aqui).

Confira ofertas de carros 0 km na sua cidade

A Ford trouxe o SUV médio Territory para avaliar sua receptividade contra o Jeep Compass. A marca norte-americana também apostou na F-150 Raptor para atrair atenção do público e, talvez, finalmente passara a importa-la para o mercado brasileiro. Na Mitsubishi, os lançamentos ficaram por conta dos SUVs Pajero Sport e Eclipse Cross. A Renault trouxe a picape Alaskan, mas só a revelou após a coletiva de imprensa em um discreto canto do estande.

Entre as fabricantes de luxo, a BMW apresentou a nova geração do X5, enquanto a Audi revelou o Q8 e o SUV elétrico e-Tron. Porsche revelou o Macan reestilizado, que veio diretamente do Salão de Paris. A Mercedes-Benz deixou a picape Classe X de fora do Salão, mas revelou ao público a nova geração do parrudo Classe G. Rolls-Royce trouxe o Cullinan que ficou estacionado próximo ao Lamborghini Urus.

Conceitos

Entre surpresas e modelos futuros apenas disfarçados de conceitos, o Salão de São Paulo revelou muito do que está por vir no mercado brasileiro nos próximos anos. A Volkswagen roubou as atenções com a picape Tarok, que será intermediária entre Saveiro e Amarok e que terá boa parte do desenho do conceito preservado na versão de produção. Ela concorrerá diretamente com a Fiat Toro, que, por sua vez, foi exibida em versão SUV conceito, batizado de Fastback.

A Hyundai valorizou a linha nacional entre os conceitos, apresentado dois modelos. O primeiro foi o Creta Diamond, versão conceito de luxo do SUV compacto feito no Brasil. Já o segundo era o SAGA EV, SUV elétrico que antecipa a segunda geração do hatch HB20. Por falar em elétrico, outro SUV movido a eletricidade exibido no Salão como conceito era o Mercedes-Benz EQ, que antecipa o já apresentado EQC.

Confira nossa cobertura completa do Salão de São Paulo

O Salão também foi recheado de versões conceituais de picapes. A coincidência ficou com Fiat e Nissan que apresentaram as versões conceito Rescue para Toro e Frontier. Já a Ford revelou três variantes conceituais diferentes para a Ranger.  

Novas versões

Por fim, alguns modelos ganharam variantes inéditas no Salão. O Chevrolet Equinox foi o primeiro SUV apresentado, sendo revelado na nova versão Midnight. Já o Mini Countryman foi lançado no Salão em sua nova versão híbrida Cooper S E. Na Renault, o Captur foi revelado na nova versão Bose, enquanto a Toyota Hilux estreou sua primeira versão esportiva no mundo, a GR Sport. Por fim, a Subaru trouxe mudanças de equipamentos para o XV, que é tratado como SUV pela marca.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro