Os cinco SUVs compactos mais econômicos na estrada

Se a ideia é usar o SUV novo para viajar, vale a pena dar uma conferida na lista abaixo

23/09/2020 - Redação / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Procurados normalmente pelo público que busca uma posição de dirigir mais alta e pela sensação de robustez em pisos irregulares, os SUVs, com suas carrocerias pouco aerodinâmicas e altura livre elevada do solo, estão longe de transmitir a impressão de serem automóveis com baixo consumo de combustível.

Mas é possível encontrar utilitários esportivos que tenham no baixo consumo um dos seus atributos.

Leia mais:
+ Os dez SUVs e picapes diesel mais baratos do Brasil
+ 10 bons carros usados e seminovos por até R$ 20 mil
+ Cinco SUVs 4x4 com versões para transporte de cargas

Confira abaixo uma lista de SUVs compactos 4x2 mais econômicos do mercado brasileiro no uso rodoviário, feito com base nos dados de rodagem com gasolina medidos pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), do Inmetro. 

Consideramos apenas a versão mais econômica de cada modelo e excluímos aqueles com propulsão híbrida ou elétrica.

Vale destacar ainda que os resultados foram obtidos em testes de laboratório e que o resultado no “mundo real” pode variar para mais ou para menos, de acordo com o perfil de rodagem e o estilo de condução do motorista.

1. Chevrolet Tracker 1.0 manual 

O conjunto motriz composto pelo motor 1.0 turbo flex de 116 cv e o câmbio manual de seis marchas está disponível apenas na versão de entrada Turbo do Chevrolet Tracker, que tem preço de tabela de R$ 87.490.

Por outro lado, apesar da perda do conforto do câmbio automático, esta é a configuração mais eficiente do SUV compacto, sendo capaz de rodar até 14,8 km/l com gasolina.

2. Nissan Kicks CVT 

O Nissan Kicks usa o mesmo motor 1.6 flex de 114 cv em todas as suas versões. Embora não seja reconhecido exatamente pelo seu desempenho empolgante, o SUV compacto da marca japonesa não decepciona em termos de consumo.

De acordo com os dados no Inmetro, o Kicks abastecido com gasolina e equipado com o câmbio automático CVT é capaz de obter média de consumo de 13,7 km/l na estrada.

3. VW T-Cross AT 

SUV feito sobre a mesma base do sedã Virtus, o Volkswagen T-Cross usa nas versões 200 TSI (R$ 100.590) e Comfortline (R$ 113.790) um motor 1.0 turbo flex com injeção direta, que desenvolve até 128 cv.

Quando combinado com o câmbio automático de seis marchas, o modelo consegue médias de consumo rodoviário de até 13,5 km/l.

4. Suzuki Vitara

As versões de entrada 4All (R$ 107.990) e 4You (R$ 119.990) do Suzuki Vitara se destacam por trazerem praticamente o mesmo visual das versões mais caras, equipadas com o motor 1.4 turbo e a tração integral.

No entanto, essas versões mais acessíveis do SUV chegam ao mercado equipadas com um propulsor 1.6 aspirado a gasolina de 126 cv, que combinado a um câmbio automático de seis marchas permitem ao modelo rodar até 13,2 km/l na estrada.

5. VW Nivus

Usando o mesmo conjunto mecânico do T-Cross, mas usando uma carroceria do tipo SUV cupê e a plataforma mais curta do Polo, o Nivus (a partir de R$ 85.890) acabou obtendo números de consumo menos empolgantes, mas ainda assim interessantes.

Também abastecido com gasolina e com câmbio automático, o menor SUV da linha Volkswagen no Brasil consegue obter um consumo médio rodoviário de 13,2 km/l. 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

 

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro Auto

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro
Para proteger e melhorar a sua experiência no site, nós utilizamos cookies e dados pessoais de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao navegar pela nossa plataforma, você declara estar ciente dessas condições.