Fiat2016
Fiat Bravo 2016 
6 versões a partir de R$ 51.877
8,4
(18 opiniões)
Faixa de Preço KBB™
O Preço KBB™ se baseia no preço sugerido pelas fabricantes + preço dos revendedores + condições de mercado. Essa combinação de dados passa ainda por uma equipe de analistas e gera o preço certo que você pode pagar por um carro novo, para que você possa ter maior confiança e fazer o melhor negócio. Saiba mais
Kbb
Sobre Fiat Bravo
Por baixo do capô
O Fiat Bravo está disponível com duas opções de motorização: 1.8 16V E.torQ com câmbio mecânico ou Dualogic e 1.4 turbo com câmbio manual de seis marchas. Com o propulsor 1.8, o Bravo atinge 130 cv (gasolina)/ 132 cv (etanol) a 5.250 rpm e torque de 18,4 kgfm (gasolina)/ 18,7 kgfm (etanol) a 4.500 rpm. Já com o bloco 1.4 turbo a gasolina, oferecido somente na versão  esportiva T-Jet, a potência máxima é de 152 cv a 5.500 rpm e o torque chega a 23 kgfm a 3.000 rpm.
Mais do Bravo
Produzido em Betim (MG), o hatch está na linha 2016 com novo visual - grade frontal, para-choques, moldura dos faróis de neblina e lanternas traseiras foram redesenhados - e mais equipamentos de série. Ele segue oferecido nas versões Essence, Sporting e T-Jet, com o acréscimo da configuração Blackmotion – oferecida no Punto desde 2013 e que se destaca pelo visual “escurecido”. A Absolute sai do catálogo.
Desde a versão de entrada, o Bravo vem de fábrica com rodas de liga leve aro 16, direção elétrica, ar-condicionado com saída para o banco traseiro e sistema multimídia com tela de LCD sensível ao toque com comandos no volante, que é revestido de couro. A Sporting acrescenta rodas aro 17, ponteira dupla de escapamento cromada, teto solar elétrico e suspensão com acerto esportivo.
A Blackmotion inclui ainda bancos de couro, faróis escurecidos e sistema multimídia com GPS - oferecido como opcional nas outras versões. Ele também conta com suspensão esportiva. Por fim, a topo de linha T-Jet traz ar-condicionado automático com duas zonas de temperatura, sensor de estacionamento traseiro, assistente de partida em rampa e controles de estabilidade e de tração.
Passado
À venda na Europa desde 2007, o Fiat Bravo chegou ao Brasil apenas três anos depois, com a missão de substituir o Stilo. 
publicidade
Opinião do dono
8,4
Avaliação Geral
18 avaliações
9,6
Design
Melhor nota
7,1
Consumo
Pior nota
publicidade
publicidade