Sobre Ford Ecosport 

Linha 2018

O EcoSport mudou bastante, com visual reestilizado com destaque para a grade frontal que agora lembra o SUV maior Edge. As principais alterações estão no interior, com cabine redesenhada e novos materiais. Nos motores, há a estreia do 1.5 flex de três cilindros e do 2.0 flex que já equipava o Focus. São três versões de acabamento. Deixa de ser oferecida uma configuração 4x4. 

Por baixo do capô

Há o inédito motor 1.5 tricilíndrico, que estreia no mercado brasileiro, sendo flex por aqui. Ele rende 137 cv de potência e 16,1 kgfm de torque máximo a 4.500 rpm com etanol. Com gasolina, os números são 130 cv e 15,6 kgfm, respectivamente. Ele possui bloco de alumínio para reduzir o peso e duplo comando de válvulas variável - ou seja, na admissão e no escape.  

Já a versão topo de linha Titanium traz um 2.0 também flex com injeção direta de combustível, duplo comando de válvulas variável e bloco, cabeçote e cárter feitos de alumínio. Ele rende 176 cv e 22,5 kgfm de torque (etanol) e 170 cv e 20,5 kgfm (gasolina). 

O câmbio pode ser manual de cinco marchas, disponível nas configurações SE e Freestyle, ou automático de seis velocidades com borboletas atrás do volante para fazer as trocas manuais, este último ofertado em todas as versões. Sai de cena o automatizado Powershift de dupla embreagem e seis marchas. 

Mais do EcoSport

Modelo global, o novo EcoSport é fabricado em Caçamari (BA). Visualmente, ele recebeu grade maior, novos faróis, para-choque e luzes de neblina. O estepe na tampa traseira permanece. Merece destaque a grade frontal ativa, que abre ou fecha as aletas conforme a necessidade, melhorando a aerodinâmica (está 11% melhor no novo modelo) e a eficiência do motor e reduzindo o consumo de combustível. Ele é o primeiro SUV compacto no país a contar com essa tecnologia, até então presente apenas em carros de segmentos superiores. 

Por dentro há um novo quadro de instrumentos, novos revestimentos e central multimídia com tela sensível ao toque. Os comandos também foram reposicionados para ficarem mais ergonômicos e acessíveis. Muda ainda o sistema de rebatimento dos bancos, que permite criar uma superficie plana com o assoalho do porta-malas. O assoalho, aliás, traz uma prateleira com regulagem de altura em três níveis. Nas duas posições mais altas, esse sistema cria um compartimento "escondido" para guardar objetos menores com até 52 litros de capacidade. E é na posição mais alta que o assoalho fica no mesmo plano dos bancos rebatidos. 

O porta-malas tem capacidade para 356 litros - eram 362 litros no modelo anterior - e chega a 1.178 litros com os bancos rebatidos. As medidas não mudaram, com 4,26 m de comprimento, 1,76 m de largura, 1,69 m de altura e 2,51 m de entre-eixos. 

Passado

Em 2003, a Ford lançou no Brasil o EcoSport e, com ele, introduziu no País o segmento dos utilitários esportivos compactos. Produzido em Camaçari (BA), o SUV ganhou nova geração em 2012, sendo o primeiro modelo global da fabricante a ser desenvolvido em parceria com equipes no Brasil. Na linha 2016, o SUV compacto ganhou quatro novas versões 1.6 com câmbio Powershift, antes restrito às configurações com motor 2.0. 

Em junho de 2017, foi apresentada no Brasil a reestilização, junto com novos motores, novo interior e mais equipamentos. O facelit estreou em janeiro do mesmo ano no Salão de Detroit (EUA) e depois apareceu novamente em junho no Salão de Buenos Aires.

Itaú

Simule o financiamento

Veja o valor da parcela do seu próximo carro, online e sem compromisso. Simular financiamento

Opinião do dono

8,3

Sem ser radical

Valci em 15/01/2017
Ecosport SE Direct 1.6 16V PowerShift (Flex) 2017
 
Pontos positivos

comprei a nova eco sport faz 31 dias. está com 1.000 km. o cambio é automatizado com 6 marchas e motor abastecido com álcool gera potencia de 130 cv e a gasolina 125. por enquanto, estou gostando do carro, macio, boa dirigibilidade e confortável. é meu primeiro carro com cambio automatico/automatizado, estranhei um pouco e as vezes esqueço de seguir a ordem ao estacionar e arrancar o carro novamente colocando em p e freio de mão para não dar trancos no cambio. nas trocas de primeira para segunda marcha as vezes se percebe um pouco o pequeno tranco que é dado, acho que não vai ser nada que eu não me acostume. algumas coisas do carro eu já sabia e comprei consciente como o porta malas pequeno que para min está bom e o acabamento poderia ser melhor. eu tinha uma eco 2012 com motor de 115 cv cambio mecânico com 60.000 km, fazia 9,7 ou 9,8 na cidade com gasolina. esta nova modelo se com motor mais potente e cambio automático está fazendo 10.4, bem mais econômica.

 
Pontos negativos

a central multimídia poderia ser maior; o acabamento também poderia vir em todos os modelos com sensor de estacionamento.

 
Comentários

por enquanto, estou gostando do carro.

Essa opinião foi útil pra você?
7,3

No geral, é um bom carro, apesar de alguns poréns.

Ricardo Lima em 05/06/2017
Ecosport SE Direct 1.6 16V PowerShift (Flex) 2017
 
Pontos positivos

- é um bom carro para quem gosta de suv mesmo sendo compacto, mas não tem como gastar muito em um modelo mais sofisticado - anda bem e o consumo é bom na estrada e razoável na cidade. - é seguro. o controle de estabilidade funciona bem, durante uma emergência segurou bem o carro na estrada. os freios são ótimos. - os controles de voz e som funcionam bem. - o câmbio powershift, apesar de mal falado, é bem suave e preciso nas trocas, parece automático. como até agora, com 20 mil km, não tive nenhum problema, não posso falar nada de mal.

 
Pontos negativos

- o acabamento é de lascar. o painel grande de plástico barato logo começa a mudar de cor mesmo eu evitando ao máximo deixá-lo no sol. - e com um acabamento cheio de plástico duro demais, logo começam os barulhos excessivos. - piloto automático bem pobre, nem visor lcd informando a velocidade tem. temos que nos guiar pelo velocímetro. o sync é simples, nenhuma surpresa. - não vem com sensor de estacionamento. o vidro elétrico simples (não sobe nem desce automático, nem one touch). não vem com alarme (só trava)... itens que não encarecem tanto, foi meio muquirana a montadora. - o acabamento dos bancos é de carro popular do início dos anos 90.

 
Comentários

apesar de algumas falhas pontuais, é um bom carro, no geral eu diria que estou satisfeito, pq não me custou muito caro (r$ 59.900, promoção da fábrica, venda direta). muito bom na estrada, o motor é show e a sensação de segurança é tudo de bom. vinha um pouco rápido, entrou um animal na estrada, puxei a direção no instinto e o carro segurou legal, fez uns barulhos estranhos, ficou vibrando, mas segurou e fez a rota sem tirar pneu do chão. acho que outro suv, sem controle de estabilidade teria capotado.

Essa opinião foi útil pra você?
7,1

muito bom

Flavio ferreira em 12/10/2016
Ecosport SE 1.6 16V (Flex) 2017
 
Pontos positivos

o carro esta com 400km estou adorando, o cambio manual e excelente trocas precisas

 
Pontos negativos

barulho de lata quando passo em asfalto irregular

 
Comentários

muito bom estou gostando

Essa opinião foi útil pra você?

publicidade

publicidade

Outros anos de Ford Ecosport

Outros anos Faixa de Preço Ofertas
2017 De R$ 68.690 a R$ 93.550 ver ofertas
2016 De R$ 53.177 a R$ 64.129 ver ofertas
2015 De R$ 49.858 a R$ 60.404 ver ofertas
2014 De R$ 44.485 a R$ 51.529 ver ofertas
2013 De R$ 41.812 a R$ 49.741 ver ofertas
2012 De R$ 32.312 a R$ 34.926 ver ofertas
2011 De R$ 28.664 a R$ 33.392 ver ofertas
2010 De R$ 27.563 a R$ 31.615 ver ofertas
2009 De R$ 25.009 a R$ 29.823 ver ofertas
2008 De R$ 23.428 a R$ 26.769 ver ofertas
2007 De R$ 22.204 a R$ 25.023 ver ofertas
2006 De R$ 20.862 a R$ 22.824 ver ofertas
2005 De R$ 19.672 a R$ 21.323 ver ofertas
2004 De R$ 18.985 a R$ 20.480 ver ofertas
2003 De R$ 18.272 a R$ 19.841 ver ofertas