Sobre Honda HR-V 

Por baixo do capô 

Todas as configurações do Honda HR-V são equipadas com motor 1.8 16V flex oriundo do Civic e que é capaz de entregar 140 cv de potência e 17,4 kgfm de torque com etanol ou 139 cv e 17,3 kgfm respectivamente com gasolina. Todas possuem câmbio automático de relações continuamente variáveis (CVT) que simula sete marchas, exceto a de entrada, que é equipada com uma caixa manual de seis velocidades. A tração é sempre dianteira e não há opção por tração integral.

Mais do HR-V

O Honda HR-V tem 4,29 m de comprimento, 1,77 m de largura, 1,58 m de altura e 2,61 m de entre-eixos. O bagageiro comporta 431 litros, com mais seis litros abaixo do assoalho do porta-malas graças ao uso de um estepe temporário. Somados, são 437 litros. 

O modelo possui o sistema ULT no banco traseiro, como no Fit, que permite o rebatimento completo com apenas um movimento e criando um assoalho plaino. Também permite erguer o assento para utilizar tal espaço no transporte de itens mais altos. Outro destaque é que o encosto do banco traseiro pode ser regulado de forma mais ereta, liberando um pouco mais de espaço.

Desde a linha 2017, o HR-V passou a ser vendido na versão topo de linha Touring, que acrescenta faróis de LED com luzes diurnas (DRL), lanternas traseiras com nova disposição das luzes, acabamentos cromados nas portas e novos equipamentos como sensores de chuva e de estacionamento traseiro, assistente de partida em rampa, retrovisor interno antiofuscante e airbags de cortina

Passado

Primeiro SUV compacto da Honda no País, o HR-V é fabricado em Sumaré (SP) e foi lançado no mercado brasileiro em março de 2015. Assim que foi lançado, o modelo fez tanto sucesso que chegou a ter fila de espera de até seis meses. Em junho ele já figurava entre os 10 carros mais vendidos no País no mês e, em julho, o HR-V assumiu a liderança de vendas no segmento de SUV's. Em março de 2017, passou a ser vendida uma nova versão topo de linha batizada de Touring.

Itaú

Simule o financiamento

Veja o valor da parcela do seu próximo carro, online e sem compromisso. Simular financiamento

Opinião do dono

8,1

Design futurista, porém fica devendo itens que concorrentes oferecem e muito ruído interno

Hamilton Junior em 02/02/2017
HR-V EXL CVT 1.8 I-VTEC FlexOne 2017
 
Pontos positivos

muito bonito, design futurista, motor e câmbio casaram bem, ótimo espaço interno, boa dirigibilidade

 
Pontos negativos

falta do retrovisor fotocromático, sensor crepuscular, isolamento acústico ruim o ruído invade muito a cabine

 
Comentários

fiz o test-drive, pórem optei por não comprar ele, porque os concorrentes oferecem itens em que o hr-v não possui e me desanimou ainda mais quando fui fazer o test-drive, o tanto de ruído interno invadiu a cabine

Essa opinião foi útil pra você?
5,4

Experiência Negativa

Elizeu Libório em 12/06/2017
HR-V EX CVT 1.8 I-VTEC FlexOne 2017
 
Pontos positivos

design. consumo de combustível.

 
Comentários

comprei o veículo e na primeira semana já tive que levar na concessionária para verificar o barulho na suspensão e excesso de ruído na cabine. dois meses depois outra visita na oficina para resolver o barulho no cambio e suspensão traseira. com 4.000km ficou 28 dias na concessionaria com problema no cambio, suspensão traseira e dianteira. a caixa de marcha foi aberta. fui obrigado a fazer um acordo com a concessionária. devolvi o carro pra eles sem recebe o valor total pago, ficando no prejuízo. foi uma experiência muito negativa.

Essa opinião foi útil pra você?
8,7

Carro ótimo... mas é caro pelo que oferece.

Paulo Henrique em 06/12/2016
HR-V EX CVT 1.8 I-VTEC FlexOne 2017
 
Pontos positivos

o hr-v, pra mim, que tenho 29 anos, foi uma mudança brusca. eu tinha um i30, versão de entrada e mecânico, com uma intenção bem mais esportiva. o hr-v tem um ar mais sóbrio, ainda que permaneça esportivo. é um carro de aparência belíssima, o interior é de bom gosto, e a marca honda preza pela boa mecânica dos veículos [e para quem lê, guarde esta última afirmação]. vi muita gente reclamar da suspensão, mas certamente não tinham um carro de pneus com perfil baixo e suspensão mais dura, como era o meu i30. pra mim, o hr-v é muito confortável e pouco barulhento no piso irregular de sp. o atendimento na venda e no pós-venda foram satisfatórios. tive algumas dores de cabeça, que serão explicadas nos pontos negativos, mas são coisas que ou se resolveram ou o melhor foi relevar. apesar do preço salgado, é um carro que atende muito bem tanto ao público mais jovem, que busca esportividade, quanto ao público mais maduro, que busca conforto e confiabilidade.

 
Pontos negativos

porém, infelizmente, nem tudo são flores. eu tive que ir à honda várias vezes além do necessário: 1 - logo após a venda, pq o financiamento veio com um valor diferente do acordado, e tive que assinar o contrato de financiamento em outro dia 2 - logo após retirar o carro, porque tanto o vidro traseiro como o capô vieram visivelmente e inaceitavelmente desalinhados e o insulfilm do vidro traseiro foi muito mal colocado. não resolveram o alinhamento, pq isso é um problema da fabricação e todos os hr-v estão vindo com esse problema, mas o insulfilm foi trocado e agora está perfeito. ele não vem com rebatimento dos retrovisores, nem sensor crepuscular, coisa que no meu i30/2011 versão de entrada tinha, mas é coisa com cuja ausência se acostuma. os maiores problemas ficam com o motor, que não é dos mais fortes, e que grita bastante por conta do câmbio cvt - a alta rotação pode assustar os mais desavisados. incomodou tb a inexplicável ausência do termômetro do motor.

 
Comentários

é um carro excelente, mas a versão intermediária, por exemplo, não deveria valer mais do que 85 mil. a de entrada nem deveria chegar aos 80 mil. o carro possui algumas ausências inexplicáveis, e o padrão honda de rigor e qualidade está sendo deixado de lado, infelizmente, e está se tornando uma grande montadora qualquer, e não é à toa que muitos estão trocando pela bmw, mercedes ou audi. como que um carro de quase 100 mil não tem um termômetro do motor? é um carro bem caro, se for avaliado o que ele oferece, mas isso não tira o brilho dele, pois é um carro belíssimo e que, se o que eu disse não incomodar demais [a falta de alinhamento até agora foi uma questão mais estética, e a ausência de termômetro é desculpável], só vai trazer alegrias, e considerando o que ele oferece, em relação a outras montadoras, ele oferece mais, a um preço justo [se comparado às outras montadoras, mas isso não faz dele um carro barato]. se vc está pensando em economizar, melhor procurar um carro mais barato

Essa opinião foi útil pra você?

publicidade

publicidade

Outros anos de Honda HR-V

Outros anos Faixa de Preço Ofertas
2017 De R$ 79.900 a R$ 105.900 ver ofertas
2016 De R$ 68.626 a R$ 86.523 ver ofertas