De carro autônomo a Netflix no painel: veja o melhor da CES

Maior feira de tecnologia do mundo foi palco para as fabricantes anteciparem as novidades que virão nos próximos anos

07/01/2016 - Redação / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Realizada anualmente em Las Vegas, nos EUA, a CES (Consumer Electronics Show) é a maior feira de tecnologia do mundo, mas algumas fabricantes de automóveis aproveitaram o evento para antecipar algumas das novidades que devem chegar às ruas nos próximos anos. Confira o que marcas como BMW, Chevrolet, Kia, Volkswagen e Volvo preparam para o evento norte-americano!

Leia mais:
Ford acredita que carro autônomo será viável em cinco anos
Los Angeles: Volvo Concept 26 antecipa condução autônoma
Audi exibe R8 elétrico e autônomo
Na Alemanha, celular já dirige carro sem motorista

BMW

Baseado no já conhecido conceito i8 Spyder, o i Vision Future Interaction pode até não parecer uma novidade, já que é na cabine que o modelo realmente se destaca. Além do sistema de condução autônoma, o esportivo traz uma tela panorâmica de 21 polegadas no painel que permite acessar a internet e assistir a vídeos quando o motorista não está conduzindo.

O protótipo também conta com um quadro de instrumentos digital com efeito tridimensional que, além das informações habituais, exibe detalhes dos veículos e das vias, além de um sistema de comandos por gestos. Por fim, estão disponíveis três modos de condução: um tradicional, um que interfere em casos de colisão iminente e outro totalmente autônomo.

O esportivo híbrido também deu origem a mais um conceito, batizado de i8 Mirrorless. Ainda que o visual da carroceria mantenha semelhanças com a versão de produção, o protótipo se diferencia pela ausência de retrovisores, que deram lugar a câmeras. Graças a isso, as imagens ao redor do carro são reproduzidas em uma tela, eliminando os pontos cegos.

Chevrolet

Até então apresentado apenas como um conceito, o Chevrolet Bolt finalmente apareceu na versão de produção. O visual mais “realista” manteve o perfil de monovolume que já estava presente no protótipo, mas o destaque é o sistema de propulsão - o compacto será equipado com um conjunto totalmente elétrico com autonomia para mais de 320 km.

Além do já comum espelhamento para celulares, o Bolt terá um programa de gestão de energia capaz de identificar a topografia do trajeto e o clima para analisar o rendimento do veículo. Além disso, também estará disponível uma plataforma online para os motoristas “competirem” para saber quem consegue conduzir de maneira mais eficiente.

Kia

Ao invés de um modelo inédito, a Kia anunciou na CES a criação de uma nova marca chamada “Drive Wise” para veículos autônomos. A expectativa da fabricante é de que os primeiros modelos semi-autonomos comecem a ser comercializados até 2020, enquanto a tecnologia de condução totalmente autônoma está prevista para chegar às ruas até o ano de 2030.

Entre as primeiras tecnologias previstas pela marca de origem sul-coreana está um modo de condução autônomo para estradas com monitoramento dos veículos à frente, um sistema de frenagem de emergência em caso de sonolência do motorista e uma interface com suporte para comandos por gestos e reconhecimento de impressões digitais dos usuários.

Volkswagen

Além de uma versão reimaginada da Kombi para o século 21, a Volkswagen também mostrou na CES um novo sistema de comandos por gestos que deverá chegar aos modelos de produção da marca futuramente. Para apresentar a tecnologia, a fabricante escolheu o conceito e-Golf Touch, que conta com sistema de entretenimento para a segunda fileira de assentos, carregadores de celulares por proximidade e memória de ajustes do veículo salvos na nuvem.

Volvo

Restam poucas dúvidas de que os veículos autônomos representam o futuro da indústria automotiva. Sendo assim, a Volvo apresentou no evento norte-americano o Concept 26, que traz um sistema de condução capaz de assumir o controle do veículo, além de recolher o volante e recuar o banco para oferecer mais espaço na cabine.

Entretanto, a grande estrela é o sistema de entretenimento desenvolvido em conjunto com a Ericsson. Ao analisar a rota que será feita, o equipamento identifica o tempo de trajeto e armazena vídeos da Netflix, impedindo que a transmissão de filmes e de séries seja afetada pela falta de cobertura - segundo a Ericsson, 70% do tráfego de dados móveis nos próximos anos será de vídeos.

 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa. Faça a cotação do seguro auto

    cotar seguro