Mercedes renova o GLA para 2018

SUV da marca ganha visual repaginado para continuar sendo o segundo modelo mais vendido da montadora no Brasil

08/08/2017 - Texto: Thiago Moreno / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

A família de modelos da linha derivada do Classe A da Meredes-Benz serve de porta de entrada da marca. Pode-se ter o próprio hatch, o sedã CLA ou ainda o SUV GLA. Para este último, a montadora repaginou o visual do modelo que também é fabricado em Iracemápolis (SP) e que, agora na linha 2018, tem preços variando entre R$ 158.900 e R$ 359.900. O campeão de vendas da marca no Brasil ainda é o sedã Classe C, mas o GLA já responde por cerca de 30% do total de modelos emplacados pela marca por aqui.

Leia mais:
Veja quais são os 10 esportivos mais econômicos do Brasil
Confira o que os SUVs vendidos no Brasil têm de diferente
Vai financiar? Simule o valor da parcela aqui

O que mudou?

O foco das alterações na linha 2018 do GLA foi o visual. Foram alterados os faróis e para-choque dianteiros, além da grade, que ganhou as linhas inspiradas pelos demais SUVs da Mercedes, como o GLS. Na traseira, o para-choque também é novo e as lanternas, redesenhadas, ganharam iluminação ativa, que se adapta às condições de luminosidade externas. Agora, todas as configurações GLA 200 saem de fábrica com rodas de 18 polegadas.

Com exceção da versão mais básica, todas ganharam um novo acabamento na porção central do painel, agora de alumínio escovado. O item era exclusivo das versões mais completas do GLA, mas, na linha 2018, se estendeu às demais configurações. A régua de botões abaixo dos comandos do rádio também tem um acabamento prateado, em oposição aos botões pretos da linha 2017. Os modelos equipados com tela central multimídia agora são capazes de espelhar a tela de smartphones via Android Auto e Apple Car Play.

O que não mudou?

Há três configurações de motorização para o GLA 2018. Os GLA 200 trazem um motor 1.6 turbo flex com injeção direta de combustível capaz de gerar 156 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. Os valores são os mesmos com gasolina ou etanol. Essa configuração tem apenas tração dianteira e câmbio de dupla embreagem com sete velocidades. De acordo com a marca, é o suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos e ter velocidade máxima de 215 km/h. Essas configurações têm peso declarado de 1.435 kg.

A segunda opção de conjunto motriz aparece no GLA 250, que traz um motor 2.0 turbo a gasolina com injeção direta de combustível capaz de entregar 211 cv de potência e 35,7 kgfm de torque. A tração continua apenas dianteira e o câmbio é o mesmo de dupla embreagem com sete velocidades. A aceleração de 0 a 100 km/h é cumprida em 6,6 segundos e a velocidade máxima passa a 235 km/h. O GLA 250 pesa 1.460 kg.

Veja a ficha técnica completa do Mercedes-Benz GLA

A última opção é a variante esportiva GLA 45 AMG 4Matic. Como o nome diz, tem tração integral, mas o câmbio se mantém sendo de dupla embreagem com sete velocidades. O motor é o mesmo do GLA 250, mas desenvolvendo 381 cv de potência e 48,4 kgfm de torque. Assim, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos e tem velocidade máxima de 250 km/h. Seu peso é de 1.585 kg.

Com exceção ao GLA AMG, as medidas do SUV são 4,45 m de comprimento, 2,02 m de largura e 1,54 m de altura. O porta-malas acomoda até 421 litros de bagagens. O esportivo é apenas mais baixo, com 1,48 m de altura.

Preços e itens de série:

GLA 200 Style (R$ 158.900)
Traz rodas de 18 polegadas com pneus run flat, sete airbags, sistema start/stop, freio de estacionamento elétrico, câmera de ré, volante com revestimento de couro e paddle shifts, sensor de chuva, piloto automático, monitoramento da pressão dos pneus, rádio com conectividade via Bluetooh, controle de estabilidade, ar-condicionado e direção com assistência elétrica.

GLA 200 Advance (R$ 175.900)
Acrescenta painel com acabamento de alumínio escovado, banco do motorista com ajustes elétricos e memória, tela central multimídia com conectividade via espelhamento de smartphones compatíveis com Android Auto ou Apple Car Play, sensor de estacionamento, faróis com lâmpadas de LED e partida por botão.

GLA 200 Enduro (R$ 203.900)
Traz ainda faróis de neblina, ar-condicionado automático de duas zonas e teto solar panorâmico com abertura elétrica.

GLA 250 Sport (R$ 232.900)
Acrescenta ajustes elétricos também para o banco do passageiro, espelhos retrovisores eletrocrômicos, rebatimento elétrico dos espelhos externos, navegação por GPS, rodas de 19 polegadas e abertura elétrica do porta-malas.

GLA 45 AMG (R$ 359.900)
Traz ainda rodas de 20 polegadas, kit de acabamento externo AMG, volante com acabamento de couro Nappa, cintos de segurança na cor vermelha, piloto automático adaptativo, suspensão com acerto esportivo, farol alto adaptativo e aquecimento para os bancos dianteiros.

Como anda?

O iCarros andou na versão Advance do modelo. Mesmo sendo a segunda versão mais básica, a pegada do GLA é igual ao de outros Mercedes, com cabine bem acabada e boa escolha de materiais. Também não dá para reclamar do nível de equipamentos. Mas fica uma ressalva para a tela central multimídia, que ainda não é sensível ao toque e precisa ser operada por meio de um botão no console central.

O trecho de teste foi da capital paulista até o litoral Norte de São Paulo, incluindo um pequeno trecho de ruas de terra. É na rodovia que o GLA se sente mais em casa. A 120 km/h, com o motor rodando a pouco mais de 2.000 rpm, o silêncio impera na cabine e a suspensão filtra tudo o que pode, assim como se espera de um Mercedes-Benz legítimo.

A surpresa veio na terra mesmo. Claro que dá dó de colocar qualquer carro de quase R$ 200 mil na terra e a suspensão se mostrou um tanto firme nesse tipo de uso, mas o GLA não bateu, raspou ou deu qualquer tipo de susto nessa utilização mais severa.

Teste-drive a convite da Mercedes-Benz.
 

 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

 

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro