Você está vendo a versão antiga do Portal Revenda. Caso queira ir para a nova versão, clique aqui
Blog Revendas

iCarros e KBB lançam parceria

12/09/2017 / Fonte:

iCarros e KBB lançam parceria

O iCarros saiu na frente mais uma vez e combinou forças com a Kelley Blue Book. A KBB, como conhecida em diversas partes do mundo, é a ferramenta de precificação de veículos mais confiável e mais utilizada nos Estados Unidos. Em parceria com o iCarros, a empresa de origem americana chegou ao Brasil para trazer um novo conceito de preço justo para o mercado brasileiro.

Unindo a experiência dos dois sites, temos de um lado o iCarros, com mais 17 milhões de acessos mensalmente e profundo entendimento da indústria automotiva e do comportamento do consumidor, e de outro a KBB, que capacita e educa os vendedores e compradores para precificar veículos de forma justa. Essa parceria visa entregar um conteúdo diferenciado e inovador aos consumidores brasileiros.

Grandes expectativas

Mostrando a visão do iCarros nessa parceria, o CEO Ricardo Bonzo conta o que motivou o portal a consolidar a parceria:  

“A Kelley Blue Book oferece para o mercado uma perspectiva única para o cliente. Ele pode efetivamente conhecer as nuances do preço de um determinado carro no mercado, que pode se basear não só no modelo e no ano do veículo, mas também no histórico do valor de transação médio, na região em que o carro é negociado e também no comportamento de cada veículo em relação ao desgaste e desvalorização no mercado. E isso é algo que ainda não existe no Brasil.”

Kelley Blue Book: História que inspira

Com quase 100 anos de tradição na indústria automotiva americana, a história da Kelley Blue Book (KBB.com) começou em 1918 quando o vendedor de carros Les Kelley, com apenas três carros Ford Modelo T, fundou a Kelley Car Company em Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos.

A fim de solucionar um proble{ADD}ma constante no mercado automotivo, o de ter um parâmetro de preços justos e condizentes com os automóveis negociados, Kelley passou a anotar em um caderno azul os carros que pretendia comprar com os valores que estava disposto a pagar.

Mais tarde, aquele caderno cheio de rascunhos viria a se tornar um livro que foi publicado em outubro de 1926 com o nome de Blue Book, dando origem ao próprio nome atual da empresa, Kelley Blue Book (O Caderno Azul de Kelley).

A partir dos anos de 1960, a empresa passou a se dedicar exclusivamente à publicação do Kelley Blue Book, sendo a primeira a determinar o valor de um carro baseado na sua quilometragem.

Apenas quatro anos após a primeira publicação, Kelley conseguiu transformar sua pequena loja na maior concessionária de veículos usados do mundo na época, já que a fila de carros esperando para serem avaliados só crescia cada vez mais, tornando-se a principal referência em precificação de veículos nos Estados Unidos. 

  • Compartilhe esta matéria:
 
 

E o novo produto Simulador, já conhece?

09/09/2016 / Fonte:

Com ele você pode dobrar a quantidade de clientes da sua revenda.

E ainda:

-Possibilidade de dobrar a quantidade de clientes da concessionária

-Qualificação do cliente em lead super quente, pré analisado e aprovado

-Acompanhamento do cliente do lead até o fechamento do negócio

Entre agora mesmo em contato com seu operador Itaú ou promotor iCarros.

  • Compartilhe esta matéria:
 
 

Inscrições abertas para o 26º Congresso & ExpoFenabrave

22/06/2016 / Fonte:

Os concessionários e suas equipes de todos os segmentos automotivos já podem efetuar as suas inscrições para o 26º Congresso & ExpoFenabrave, que será realizado nos dias 16 e 17 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Com o tema DETERMINAÇÃO, o segundo maior evento do setor, no mundo, pretende reunir mais de 3 mil pessoas e oferecerá, às Redes inscritas, palestras voltadas ao negócio da Distribuição, como usados, F&I, internet, RH, entre outros temas de interesse para a gestão da concessionária. “Pretendemos mostrar que a determinação será um fator importante para atravessarmos a crise em que se encontra o nosso País e, consequentemente, o nosso mercado. Afinal, o que determina nossas ações para continuarmos adiante?”, explica o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Junior.

Além das palestras, acontecerá a ExpoFenabrave, feira de negócios dedicada ao setor e que reunirá mais de 70 empresas em 8 mil m² de área de exposição. Esta é uma oportunidade para que as Redes de Distribuição tenham contato direto com as principais empresas fornecedoras do segmento, além de montadoras e outros empresários.

Já nos workshops programados, estão em destaque as palestras internacionais, que contarão com a presença de professores da Florida Christian University, que ministrarão palestras sobre as principais tendências de gestão, focadas no melhor conhecimento das pessoas, da cultura organizacional e do uso de ferramentas como o neuromarketing para a conquista de clientes. O evento também contará com palestras voltadas ao panorama econômico nacional e às tendências do mercado brasileiro, como o aumento do uso de classificados online para a venda de veículos usados, que será ministrada pelo CEO do iCarros, Sylvio de Barros.

Durante a Cerimônia de Abertura, além dos tradicionais pronunciamentos das autoridades políticas e lideranças empresariais do setor, acontecerá a revelação do Prêmio “Marca do Ano” e “Associação de Marca do Ano”. Após a solenidade, a Palestra Magna será comandada pelo atual Presidente da GM na América do Sul, Barry Engle, um experiente executivo do setor, que deixou o cargo de CEO da Agility Fuel Systems para substituir Jaime Ardila na GM.

Para obter mais informações e realizar a inscrição, basta acessar o site do evento: www.congresso-fenabrave.com.br

  • Compartilhe esta matéria:
 
 

Vendas de veículos seminovos permanecem estáveis

08/10/2015 / Fonte: iCarros

A Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores – FENAUTO – publicou seu relatório mensal com a movimentação do comércio de veículos seminovos e usados no mês de Setembro de 2015.  

As vendas permaneceram praticamente no mesmo patamar, com um resultado de 1.169.368 veículos comercializados em Agosto de 2015, contra 1.169.901 em Setembro de 2015.

No total acumulado entre os meses de Janeiro a Setembro, no comparativo entre 2014 e 2015, houve um resultado positivo de 2,8%. Já o mês de Setembro, quando comparado nos dois anos, apresentou um resultado negativo de 6,4%.

Novamente o segmento de seminovos com até 3 anos de uso foi o que mais se destacou entre os modelos preferidos pelo consumidor.

 Ilídio dos Santos, presidente da FENAUTO recomenda uma postura de cautela na análise dos resultados pois, "apesar de se apresentarem estáveis neste momento, o cenário da economia brasileira ainda não permite uma previsão mais segura do desempenho futuro do mercado", conclui o presidente. 

  • Compartilhe esta matéria:
 
 

US$ 4,3 bilhões é déficit na balança comercial de autopeças

25/09/2015 / Fonte: iCarros

US$ 4,3 bilhões é déficit na balança comercial de autopeças

De acordo com dados divulgados pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) a partir de informações obtidas com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o déficit comercial brasileiro de autopeças de Janeiro a Agosto de 2015 foi de US$ 4,3 bilhões, valor 35% menor que o registrado no mesmo período de 2014. As exportações recuaram 6,3% e as importações, 22%. Os embarques, para 178 países, somaram US$ 5,18 bilhões, enquanto que as compras externas, de 152 diferentes mercados, foram de US$ 9,51 bilhões no período.

Segundo a Fenabrave, no acumulado até Agosto, a Alemanha perdeu para o Japão o terceiro posto entre os maiores fornecedores de autopeças para o Brasil, provavelmente como consequência da queda do mercado nacional de caminhões associada ao melhor momento que vivem fabricantes nipônicos de automóveis. 

Já os Estados Unidos conservaram o primeiro lugar em envio de autopeças ao Brasil, com US$ 1,19 bilhão, embora tenha apresentado 15,2% de queda ante o mesmo período do ano passado. O segundo posto é da China, com US$ 1 bilhão em componentes e retração menor que a dos EUA, de 9,5%.

No caminho contrário, a Argentina permanece como principal destino dos componentes fabricados no Brasil, que enviou para a nação vizinha US$ 1,7 bilhão. O total foi 6,6% menor que o repassado nos mesmos oito meses do ano passado. 

  • Compartilhe esta matéria:
 
 
 

Conheça nossos aplicativos exclusivos para iPhone, iPad, Android e Windows 8

Copyright 2008/2014 iCarros - Todos os direitos reservados

A iCarros Ltda e o presente site não realizam qualquer intermediação na negociação entre os usuários, seja com relação à compra, troca ou qualquer outro tipo de negociação. As vendas e entregas aos usuários e/ou terceiros de produtos anunciados no site são de inteira responsabilidade do anunciante. As informações veiculadas nos anúncios deste site são de inteira responsabilidade do anunciante, não podendo o usuário responsabilizar o site pela veracidade e/ou autenticidade das mesmas, nem pelos danos diretos ou indiretos causados a terceiros. O usuário reconhece como sendo de sua exclusiva responsabilidade os riscos assumidos nas negociações que vier a efetuar com outros usuários do site. Estoque e preços sujeitos a conferência e confirmação do anunciante.

Os dados do veículo, acessórios e preço são informações meramente sugestivas, com base em levantamentos periódicos de pesquisa. O preço efetivamente praticado e os demais dados do veículo deverão ser confirmados na concessionária. As opiniões dos usuários não refletem necessariamente a opinião da Icarros. Esse espaço é destinado a comentários ou críticas construtivas. Os autores de comentários ofensivos são civil e criminalmente responsáveis por conteúdos que violem a lei ou produzam lesão a direitos de terceiros. É facultado à Icarros excluir opiniões que julgar contrárias aos princípios éticos desse site. Os dados sobre os estoques de cada concessionária são obtidos mediante pesquisas periódicas. Como são apenas informações de referência, podem não refletir a situação atual, devido à movimentação diária. Recomendamos consultar a própria concessionária para obter informações atualizadas da existência em estoque do carro de sua preferência.