Faixa de Preço KBB™
O Preço KBB™ se baseia no preço sugerido pelas fabricantes + preço dos revendedores + condições de mercado. Essa combinação de dados passa ainda por uma equipe de analistas e gera o preço certo que você pode pagar por um carro novo, para que você possa ter maior confiança e fazer o melhor negócio. Saiba mais
Kbb
Sobre Toyota Corolla
Linha 2018
Com novo visual externo, o sedã recebeu ainda mais equipamentos de segurança de série - incluindo controle de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampa e sete airbags - em todas as configurações. Além disso, a versão esportiva XRS retorna ao catálogo. 
Por baixo do capô
As três configurações GLi trazem o mesmo motor 1.8 16V flex com bloco de alumínio do modelo anterior, gerando 144 cv de potência e 18,6 kgfm de torque com etanol. Com gasolina, os números são respectivamente 139 cv e 17,7 kgfm. Esse propulsor pode ser acompanhado de transmissão manual de seis velocidades ou automática CVT com simulação de sete marchas.
Já as opções XEi, XRS e Altis têm motor 2.0 16V flex de alumínio que desenvolve 154 cv de potência  e 20,7 kgfm de torque com etanol. Respectivamente, com gasolina, os números são 143 cv e 19,4 kgfm. Aqui, a única opção de câmbio é o automático CVT.
Mais do Corolla
Nas medidas, o sedã agora tem 4,62 m de comprimento, 1,8 m de largura, 1,48 m de altura e 2,70 m de entre-eixos. O porta-malas acomoda até 470 litros de bagagens. O peso do modelo varia entre 1.265 kg (GLi manual) e 1.340 kg (Altis CVT). As alterações do facelift se concentram principalmente na parte dianteira, com um conjunto de faróis e grade reestilizados e mais afilados. O conjunto óptico dianteiro possui faróis de halogênio nas versões GLi e XEi, e de LED, com nivelamento automático, nas versões XRS e Altis. As lanternas com luzes diurnas estão disponíveis a partir da versão XEi, e todas contam com lanternas dianteiras com luz de posição em LED.
Na traseira, as mudanças se concentram principalmente nas lanternas, que agora são de LED em toda a linha, e com nova disposição das luzes. A barra cromada no tampão do porta-malas está mais fina. Somam-se ainda as luzes de ré e de seta em tom escurecido. A partir da versão XEi, o Corolla ganhou também uma antena no estilo barbatana de tubarão e rodas de liga leve de 17 polegadas. Nas configurações com as rodas maiores, a suspensão foi elevada em 5 mm e caixa de direção elétrica foi recalibrada.
Desde a versão de entrada do Corolla vem com direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, rádio com USB, vidros e retrovisores com acionamento elétrico e volante multifuncional.
Passado
O Toyota Corolla nasceu em 1966, ganhando novas gerações em 1970, 1974, 1979, 1983 e 1987. O sedã desembarcou no Brasil somente em 1994, então na sétima geração, vindo importado do Japão. Em agosto de 1998 ele passava a ser fabricado no País em Indaiatuba (SP), já na oitava geração. Em 2002 veio a nona geração, a segunda nacional, que estreava o motor 1.8 flex. 
Em 2008 o Corolla chegava à décima geração, que acrescentou a configuração topo Altis. A 11ª geração apresentou um sedã completamente renovado, lançado em março de 2014, já como linha 2015. Em março de 2017, chegou ao País a reestilização junto com o retorno na versão esportiva XRS e a adição do tão desejado controle de estabilidade. 
publicidade
Opinião do dono
9,3
Avaliação Geral
36 avaliações
9,5
Dirigibilidade
Melhor nota
9
Consumo
Pior nota
publicidade
publicidade