Faixa de Preço KBB™
O Preço KBB™ se baseia no preço sugerido pelas fabricantes + preço dos revendedores + condições de mercado. Essa combinação de dados passa ainda por uma equipe de analistas e gera o preço certo que você pode pagar por um carro novo, para que você possa ter maior confiança e fazer o melhor negócio. Saiba mais
Kbb
Sobre Volkswagen Gol
O hatch Volkswagen Gol recebeu alterações visuais como grade, faróis, para-choques dianteiro e traseiro, lanternas e tampa do porta-malas redesenhados. A grade frontal, aliás, foi inspirada no Golf GTI. Outra alteração é que a versão de entrada 1.0 duas portas deixa de ser oferecida num primeiro momento, enquanto a topo de linha Rallye 1.6 16V não será mais vendida. Muda ainda o motor 1.0, que passa a ser de três cilindros como no compacto up!.
Por baixo do capô
Uma das principais novidades da linha 2017 para o Gol é a introdução do motor 1.0 de três cilindros da família EA-211, o mesmo já utilizado no up! de entrada e no Fox. O propulsor entrega 82 cv e 10,4 kgfm de torque com etanol e 75 cv e 9,7 kgfm com gasolina. Com esse propulsor, o único câmbio disponível é o manual de cinco velocidades. Segue no catálogo o motor 1.6 8V de quatro cilindros da família EA-111, com 104 cv e 15,6 kgfm com etanol e 101 cv e 15,4 kgfm com gasolina. As versões com o motor maior estão disponíveis com transmissão manual ou automatizada I-Motion, ambas com cinco marchas.
Mais do Gol
O Gol mede 3,9 m de comprimento, 1,7 m de largura, 1,5 m de altura e 2,5 m de entre-eixos. Seu bagageiro é capaz de levar 285 litros. O hatch pesa entre 901 kg (1.0) e 1.045 kg (1.6 automatizado). Ele é vendido em três versões: Trendline, Comfortline e Highline. Desde a versão básica ele vem de fábrica com banco do motorista com ajuste de altura, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, faróis simples com máscara escura, rodas aro 14 com pneus 175/70 R14 e calotas, tomada 12V no console, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos e direção hidráulica.
O Gol também mudou por dentro na linha 2017, recebendo novo painel com materiais de melhor qualidade e mais agradáveis ao toque, instrumentos 30% maiores e novo desenho, por exemplo, com as saída de ar retangulares. Uma grande novidade é o sistema multimídia - opcional - com tela sensível ao toque, navegação por GPS, integração com aplicativos e espelhamento da tela de celular.
Passado
Por 25 anos, o Gol esteve na ponta da tabela entre os modelos mais vendidos do País. Queridinho incontestável dos brasileiros, o modelo já passou por diversas transformações até chegar à sua atual geração. Lançado em 1980, o compacto da marca alemã foi totalmente projetado e desenvolvido no Brasil. Na época, ele era vendido apenas com motor 1.3 refrigerado a ar e movido a gasolina ou álcool. Nove anos depois, a VW lançou o esportivo GTI, o primeiro automóvel brasileiro com injeção eletrônica. O compacto também foi o primeiro carro do Brasil equipado com motor 1.0 16V Turbo (em 2000), assim como o primeiro com propulsor bicombustível (2003).
Para se ter uma ideia do seu sucesso, desde o início das vendas, já foram fabricadas mais de seis milhões de unidades do veículo, a maior parte delas (mais de cinco milhões) vendidas no mercado interno. Hoje, o hatch é comercializado em mais de 50 países das Américas, África, Ásia, Oriente Médio e Europa. No Brasil, ele é produzido nas fábricas de Taubaté e São Bernardo do Campo, ambas em São Paulo.
A primeira geração foi fabricada entre 1980 e 1996. Já a segunda geração, também conhecida como “bolinha” pelas formas bem mais arredondadas, foi feita entre 1994 e 2003. Embora chamado de G3, o modelo apresentado em 1999 e fabricado até 2005 é, na verdade, uma reestilização profunda da segunda geração, não um carro totalmente novo como ocorreu em 1994. Em 2005, a VW lançou a versão que seria conhecida como G4, porém, ainda usando como base a segunda geração de 1994. Com essa carroceria o hatch foi produzido até 2014, tendo convivido com as duas próximas. 
Apenas em 2008 foi apresentada de fato a terceira geração do modelo, que ficou em produção sem nenhuma alteração até 2012. Foi também uma das mais modernas, usando plataforma global da VW PQ 24, usada no Polo. Com alterações visuais, a VW apresentou a primeira atualização da terceira geração em 2012 e o modelo foi mantido até a linha 2016. Apresentada em 2016 como linha 2017, a segunda modificação da terceira geração trouxe a aposentadoria do motor 1.0 de quatro cilindros em favor do tricilíndrico do up!. Porém, ainda não é uma mudança de geração.
publicidade
Opinião do dono
7,5
Avaliação Geral
20 avaliações
8,8
Consumo
Melhor nota
6,9
Manutenção
Pior nota
publicidade
publicidade