City hatch é a resposta da Honda ao Onix, Argo e Polo?

Honda registra patentes de um novo hatch derivado da sétima geração (quarta no Brasil) do City

28/02/2020 - João Brigato / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Desde 2002 o Honda City é a versão sedã do Fit e vice-versa. Contudo, os irmãos têm visual diferentes, já que o City aposta em um design mais esportivo e com volumes tradicionais enquanto o Fit é quase uma minivan. Aproveitando dessa lacuna, a Honda planeja um City hatch que poderia brigar com Onix, Polo e Argo no Brasil.

Leia mais:
+ Honda comemora 2 milhões de carros feitos no Brasil
+ Honda Fit 2021 faz 22,2 km/l com inédita motorização híbrida
+ Toyota Corolla e Honda Civic começam 2020 mais caros

Revelado em patentes na Ásia, o inédito Honda City hatch tem porte e visual para brigar diretamente com hatches populares globais como o próprio Volkswagen Polo, Kia Rio e Hyundai i20. No Brasil, caso um dia venha, terá concorrentes de peso como Hyundai HB20, Fiat Argo, Ford Ka e Chevrolet Onix.

Por ser um hatch tradicional ele poderia usar motores menos potentes e ter versões mais simples, visto que a proposta monovolume do Fit o empurrou para as pontas mais altas do mercado.

Hatch quase médio

A vantagem do City hatch em relação ao Fit também está no tamanho e no espaço traseiro, já que o modelo mantém o entre-eixos de 2,59 m do sedã. O novo City sedã, vale lembrar, tem 4,55 m de comprimento, 1,75 m de largura e 1,47 m de altura – porte bastante próximo ao do Volkswagen Virtus.

Apesar de usar as mesmas portas do sedã, o Honda City Hatch tem visual equilibrado com coluna C grossa e vidro traseiro inclinado: fórmula bastante semelhante à de rivais como o novo Onix e o Argo.

A traseira traz alguns toques de Mercedes-Benz Classe A, como mostra o desenho das lanternas traseiras combinadas à área da placa na tampa do porta-malas. O para-choque com refletores verticais faz lembrar o novo Chevrolet Onix.

Hatch turbo

Tal qual rivais como VW Polo e Chevrolet Onix, o novo Honda City Hatch, caso venha a ser vendido no Brasil, usará motor 1.0 três cilindros turbo. Esse motor fará a sua estreia por aqui no Fit e deverá ser usado também pelo sedã. Na Europa ele entrega 122 cv e 17,3 kgfm de torque, sendo ligado a um câmbio CVT. O consumo fica na casa dos 20 km/l.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro