Depois do Duster, Renault e Dacia não compartilharão modelos

Decisão tem a ver com o posicionamento das duas marcas, onde a Renault está acima da Dacia

28/06/2018 - Redação / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

A Renault se cansou de vender carros rebatizados da Dacia, de acordo com o jornal francês Le Figaro. Sandero, Logan e Duster, produtos de origem Dacia, formam o trio que fez a Renault crescer no mercado nacional ao patamar no qual se encontra hoje. E no futuro tudo isso mudará para uma estratégia parecida com a feita com o Captur.

Leia mais:
Novo SUV da Renault será um Duster mais refinado e caro
Rival do Compass, novo SUV da Renault estreia ainda em 2018
Renault Kwid dará origem a uma minivan de sete lugares

Segundo o jornal, a Renault não usará mais modelos Dacia levemente modificados em mercados emergentes. A ideia é seguir o que foi feito com o Captur: visual 100% Renault com plataforma e soluções de baixo custo da Dacia. Hoje, o Dacia Sandero é substancialmente diferente do Renault Sandero – a diferença aumentará ainda mais com a traseira nova brasileira.

Procurando um Duster? Veja aqui as ofertas

Em um futuro, tanto Sandero, quanto Logan e Duster compartilharão apenas o nome e a plataforma com os primos Dacia, sendo os modelos da Renault intimamente ligados ao visual da divisão europeia da marca. O Duster, que deve ser lançado no Brasil em breve, será o último dessa sinergia completa. Já o SUV médio prometido para ser lançado até 2020, que é apontado como Captur Coupé, já faz parte da nova estratégia.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro