Renovação de produtos de volta ao cenário

Digitalização, conectividade, carros autônomos e compartilhamento foram foco do Automotive Business Experience 2020

21/11/2020 - Fernando Calmon / Foto: Automotive Business Experience 2019 / Fonte: iCarros

Graças à facilidade das conexões de alta velocidade, o evento Automotive Business Experience 2020 conseguiu, durante os cinco dias úteis da semana passada, explorar alternativas atuais e futuras da cadeia automobilística em palestras abertas e fechadas.

Leia mais:
+ Itaú anuncia serviço de compartilhamento de carros elétricos
+ 10 carros elétricos mais influentes da história recente
+ Carros 100% autônomos são o futuro?

Digitalização, conectividade, carros autônomos e compartilhamento estiveram entre os temas mais em evidência. Além, é claro, do que pode ocorrer no cenário de pós-pandemia.

Para o presidente da VW América do Sul e Caribe, Pablo Di Si, a prioridade é a saúde das pessoas e lidar com os problemas de fluxo de caixa da companhia agora mais equacionados.

“Temos de olhar os negócios à frente, nos próximos cinco a oito anos, porque haverá muitas mudanças. Já começamos reuniões internas para retomar os projetos de novos produtos, sejam a combustão, híbridos ou elétricos. De fato, estamos resgatando a agenda do bem e depois submeteremos os planos à matriz”, revelou.

O que se depreende de suas palavras é a possibilidade de atrasos, porém o objetivo de renovação de produtos continua firme.

Antonio Filosa, presidente da FCA, destacou que “o carro é um dos atores dos serviços de mobilidade e os mercados assim vêm requerendo. O ecossistema que estamos construindo em parceria com a TIM e o chip de voz e dados no multimídia UConnect permitirá muitas interações com parceiros em benefício do motorista. Até seguros mais em conta”.

A pandemia acabou por acelerar processos de digitalização. Um exemplo explicitado por Rodnei de Souza, diretor do Itaú Unibanco: “Antes a aprovação de financiamentos por meios exclusivamente digitais representava 30% e saltou para 85% das transações em poucos meses. Nossa previsão era que isso acontecesse em dois a três anos.”

Para Akzel Kriger, presidente da BMW, “o mundo digital é uma grande oportunidade, porém pelo menos nos próximos 10 a 15 anos as concessionárias continuarão na logística de entregas, serviços e atendimento aos clientes”.

Letícia Costa, da consultoria Prada, chamou atenção para o fato de que tendências de mobilidade elétrica não podem ser replicadas em todos os mercados da mesma forma. “Europa vai ser de um jeito pela alta densidade das populações. EUA, Ásia e Brasil com grandes distâncias a percorrer terão implantação mais lenta”, afirmou. 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

 

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro Auto

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro
Para proteger e melhorar a sua experiência no site, nós utilizamos cookies e dados pessoais de acordo com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Ao navegar pela nossa plataforma, você declara estar ciente dessas condições.