VW Virtus GTS chega mais caro que o Jetta de entrada

Completando a família de esportivos de entrada da Volkswagen, irmão sedã do Polo GTS chega por R$ 104.940

13/02/2020 - João Brigato / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Pouco menos de um mês depois do lançamento do inédito Polo GTS a Volkswagen revelou as primeiras imagens e informações do seu irmão Virtus GTS. Por R$ 104.940 ele é mais caro que o Jetta 250 TSI de entrada (R$ 99.990) com o qual o Virtus esportivo divide motor. A vantagem está na lista de itens de série bastante farta.

Leia mais:
+ Audi Q3 2020: vale o preço de dois VW Polo GTS? | Vídeo
+ Além dos GTS e Nivus, VW promete mais 3 lançamentos em 2020
+ Achou o VW Polo GTS caro? Polo GTI custaria hoje R$ 226 mil

Virtus 1.4 TSI

Debaixo do capô o Virtus GTS traz o mesmo motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque que equipa Polo GTS, Jetta, Tiguan Allspace e T-Cross Highline. Com ele, o sedã chega aos 100 km/h em 8,7 segundos e atinge velocidade máxima de 210 km/h.

Encontre seu novo Virtus aqui

Como no Polo, a única opção de transmissão é a automática de seis marchas, que passou por mudanças específicas para a versão esportiva. Suspensão também foi retrabalhada para ficar mais firme, tal qual a direção elétrica que tem calibração específica.

Menos mudanças que o Polo

Visualmente o Virtus GTS traz menos alterações quando comparado ao Polo GTS. Exemplo disso é que o sedã não tem lanternas traseiras de LED e o para-choque traseiro é exatamente o mesmo das demais versões. A única alteração na traseira fica por conta do aerofólio preto e dos detalhes em preto brilhante na parte inferior.

Na dianteira ele ganha para-choque diferenciado com visual mais esportivo, grade frontal com friso vermelho e inscrito GTS no canto esquerdo, além dos faróis full-LED. O Virtus GTS ainda traz saia lateral, retrovisor preto e rodas de liga-leve de 17 polegadas diamantadas.

Vai trocar de carro? Simule as parcelas aqui

A cabine tem temática específica para os modelos GTS, mas segue exatamente o que é feito no Polo. Volante de base reta recebe costuras vermelhas, tom replicado em pequenos detalhes na cabine. Além disso, os bancos esportivos com couro e tecido compõem o ambiente.

Mais que o Polo

Em relação ao Polo o Virtus se beneficia do maior espaço na segunda fileira por conta do entre-eixos maior. Além disso, o porta-malas do sedã é bem mais generoso: são 300 litros no Polo contra 521 litros no Virtus, representando uma vantagem de 221 litros – praticamente o porta-malas de um Fiat Mobi.

De série ele é equipado com painel de instrumentos digital, ar-condicionado automático, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, detector de fadiga, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, sensor de chuva e farol, além de volante com ajuste de altura e profundidade.

Preço final

Por R$ 104.940, o Volkswagen Virtus GTS é oferecido somente na cor sólida Preto Ninja. Pelo tom Branco Cristal a Volkswagen pede R$ 490 a mais, enquanto as cores metálicas Prata Sirius, Cinza Platinum e a Azul Biscay (exclusiva para o GTS) adicionam R$ 1.570 ao preço final.

O único opcional disponível para o Virtus GTS é o sistema de som Beats de R$ 2.160. Com todos os itens cobrados à parte adicionados ao sedã esportivo, o preço final desse Volkswagen fica em R$ 108.670.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro