Novo Honda Fit traz versões híbrida, de luxo e aventureira

No Brasil na próxima década, o Honda Fit 2020 terá motor turbo como seu principal destaque por aqui

23/10/2019 - João Brigato / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Estrando primeiro no Japão, a quarta geração do Honda Fit foi apresentada pela marca japonesa no Salão de Tóquio. Voltando às origens em termos de design, o novo Fit 2020 traz novas variantes, opções híbridas e até luxuosa. Destaque para o novo Fit aventureiro que serve de spoiler para a próxima geração do WR-V.

Volta às origens

Rompendo com o estilo mini-Civic, o novo Fit traz de volta os faróis triangulares que o acompanharam nas duas primeiras gerações. A grade frontal fechada também foge do padrão da Honda com sua grossa barra cromada. O para-choque é pouco volumoso e tem entradas de ar discretas.

Confira aqui ofertas de Fit na sua cidade

Como os primeiros Fit, o modelo 2020 traz linhas lateriais mais contidas e discretas, enquanto o atual modelo é cheio de vincos e linhas fortes. Influenciado pelos SUVs, o novo Honda Fit tem linhas que permitem teto com pintura contrastante.

Vai trocar de carro? Simule as parcelas aqui

Na traseira, lanternas horizontalizadas passam a invadir a tampa do porta-malas. O vidro com corte trapezoidal lembra da primeira geração do hatch com ares de minivan, enquanto o para-choque rente à tampa do porta-malas pode voltar a ser um incômodo. Alguns detalhes visuais podem mudar quando o Fit for vendido no Brasil.

Spoiler do WR-V

Um dos destaques do novo Honda Fit é a versão Crosstar. Antecipando o que pode vir a ser a nova geração do WR-V no Brasil, o Fit aventureiro tem para-choques exclusivos, barra no teto idêntica à do WR-V, teto com pintura contrastante, para-lamas alargados com plástico preto e grade frontal filetada.

Tudo novo por dentro

Mas é por dentro que o Fit mais mudou: a cabine datada que abusava do plástico duro foi modernizada e refinada. Com design horizontalizado, ela ganhou sessões de tecido macio ao toque. O painel de instrumentos agora é totalmente digital e a central multimídia ganhou destaque no conjunto.

Do Civic, o Honda Fit 2020 herdou o freio de estacionamento eletrônico e a manopla de câmbio. O seletor do ar-condicionado agora tem botões ao invés da placa sensível ao toque anteriormente usada. A Honda ainda não revelou a motorização da nova geração do Fit, mas no Brasil o modelo usará motor 1.0 três cilindros turbo ainda inédito por aqui.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro