Sobre Chevrolet Cruze 

Linha 2016

Na linha 2016, o Cruze deixou de oferecer versões com câmbio manual, além de ganhar como equipamento de série em todas as versões o sistema OnStar, que oferece serviços como concierge (busca de restaurantes, hotéis, farmácias ou postos de combustível próximos, por exemplo), consultas sobre previsão do tempo, vias alagadas, endereços (que são enviados diretamente para o GPS do carro) etc. Ao pressionar um botão na base do retrovisor interno, é feita uma ligação para a central de atendimento 24 horas, onde o cliente pode solicitar ao atendente informações variadas. 

Por baixo do capô 

O Cruze é equipado com motor 1.8 Ecotec flex - recalibrado no modelo 2015 para oferecer desempenho mais progressivo e menor consumo - que rende 140 cv de potência e torque de 17,8 kgfm com gasolina e 144 cv e 18,9 kgfm, respectivamente, com etanol. A transmissão é sempre automática de seis marchas - as versões manuais saíram do catálogo no modelo 2016.

Mais do Cruze

O sedã é feito na unidade da GM de São Caetano do Sul (SP) e é vendido em duas configurações: LT e LTZ. A capacidade do porta-malas é de 450 litros. O Cruze vem, desde a versão de entrada, com ar-condicionado, direção elétrica progressiva, retrovisor interno com antiofuscamento, airbags frontais e laterais, controle de tração e de estabilidade, isofix e sistema multimídia com Bluetooth e comandos de voz. São novidade no modelo 2015 o sistema que fecha os vidros ao travar as portas e as luzes diurnas de LED.

A topo de linha LTZ acrescenta sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, câmera de ré, GPS, airbag de cortina, retrovisores com rebatimento elétrico, sensor de estacionamento traseiro, sistema presencial de abertura das portas, teto solar elétrico, My Link com tela de LCD de sete polegadas sensível ao toque e partida por botão Start/Stop. A novidade nessa versão é a inclusão do sistema que permite ligar o motor remotamente pelo controle remoto a uma distância de cerca de 30 metros.

Passado

O substituto do Vectra nasceu na Coreia do Sul como Daewoo Lacetti e ganhou a gravata da Chevrolet e o nome Cruze para outros mercados, como o brasileiro. Foi o primeiro modelo lançado na renovação dos carros da montadora, no final de 2011. No final de 2014, o Cruze passou por uma reestilização, apresentada no Salão de São Paulo daquele ano, com as mudanças concentradas na dianteira.

Versões Sedã médio/Grande

Itaú

Simule o financiamento

Veja o valor da parcela do seu próximo carro, online e sem compromisso. Simular financiamento

Opinião do dono

6,7

sem esses problemas indicaria o carro, mas um carro sair de fábrica com tantos defeitos.

Diego Lucas Braz em 28/12/2015
Cruze LTZ 1.8 16V Ecotec (Aut)(Flex) 2015
 
Pontos positivos

o carro é bom, atende bem nas retomadas, bancadas confortáveis etc.

 
Pontos negativos

consume bastante, passa muito ruído para dentro do carro, ou seja, o acústico do carro não é bom.

 
Comentários

com menos de um mês de uso o carro está com os plásticos internos muito folgados e fazendo muito barulho no painel. também veio com o mesmo barulho nas rodas como dos anos anteriores, e a suspensão tem um barulho estranho ao passar em buracos. tipo não absorve as irregularidades. faz um barulho enorme ao cair em um buraco. em outros carros na mesma situação isso não acontece.

Essa opinião foi útil pra você?
9,9

super maqina

Antonio em 06/05/2016
Cruze LT 1.8 16V Ecotec (Aut)(Flex) 2015
 
Pontos positivos

todos

 
Pontos negativos

nao encontrei

Essa opinião foi útil pra você?
9,1

Melhor compra

Mohamed em 15/05/2016
Cruze LTZ 1.8 16V Ecotec (Aut)(Flex) 2015
 
Pontos positivos

maravilhoso

 
Comentários

um excelente carro, com certeza vou trocar pelo mesmo modelo mais novo

Essa opinião foi útil pra você?

publicidade

publicidade

Outros anos de Chevrolet Cruze

Outros anos Faixa de Preço Ofertas
2015 De R$ 60.639 a R$ 70.917 ver ofertas
2014 De R$ 53.990 a R$ 62.109 ver ofertas
2013 De R$ 50.619 a R$ 56.581 ver ofertas
2012 De R$ 44.946 a R$ 51.433 ver ofertas