Sobre Chevrolet Cruze 

Por baixo do capô

Substituindo o 1.8 Ecotec de 144 cv (etanol), o novo propulsor 1.4 turbo flex de quatro cilindros e 16 válvulas possui injeção direta de combustível e rende 153 cv de potência e 24,5 kgfm de torque com etanol - uma melhoria de 30% no torque em relação à geração anterior, sendo que 90% da força está disponível já a partir de 1.500 rpm. A transmissão é sempre automática de seis marchas. O sedã acelera de 0 a 100 km/h em 9 segundos contra os 9,8 segundos com etanol de seu antecessor 1.8.

Mais do Cruze

Agora fabricado em Rosario, na Argentina, o Cruze está até 100 quilos mais leve quando comparado à geração anterior. Quanto às dimensões, o sedã está 62 mm mais comprido, 9 mm mais alto e com 15 mm a mais no entre-eixos. Agora mede 4,66 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,48 m de altura e 2,70 m de entre-eixos. O porta-malas leva 440 litros. O interior também está bastante repaginado, com quadro de instrumentos, volante, painel e console central modificados para favorecer a ergonomia. Um dos destaques é o novo volante, que agrega comandos na parte dianteira e traseira, permitindo um maior número de interações com o veículo. O quadro de instrumentos pode vir com tela colorida de 4,2 polegadas e cinco modos de visualização, incluindo informações como pressão dos pneus, índice de economia, tensão da bateria, vida útil do óleo e distância do carro à frente com o tempo em segundos necesário para frear de acordo com a velocidade do veículo. 

Desde a versão de entrada ele já vem com airbags frontais e laterais, ar-condicionado, faróis de neblina, direção elétrica, rodas de liga leve aro 17", volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade, controle de tração e de estabilidade, luzes diurnas, sistema isofix para cadeiras infantis, controlador de velocidade, computador de bordo e central multimídia MyLink com tela de sete polegadas sensível ao toque, comandos de voz e espelhamento de smartphones via Android Auto e Apple CarPlay. Novidades na linha 2017, se somam a esses itens assistente de partida em rampa, monitoramento da pressão dos pneus, sistema Start/Stop, modo Eco, retrovisores externos com aquecimento, câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro.

Há ainda o sistema OnStar com serviços de emergência, concierge, alerta de rodízio, pesquisas rápidas na internet, reservas, informações sobre o tráfego, aplicativo com alerta de valet (o dono recebe uma mensagem caso o manobrista se distancie mais de 500 metros com o carro) e agora também com orientações do GPS por meio de setas na tela do computador de bordo e comando de voz. 

Passado

O substituto do Vectra nasceu na Coreia do Sul como Daewoo Lacetti e ganhou a gravata da Chevrolet e o nome Cruze para outros mercados, como o brasileiro. Foi o primeiro modelo lançado na renovação dos carros da montadora, no final de 2011. No final de 2014, o Cruze passou por uma reestilização, apresentada no Salão de São Paulo daquele ano, com as mudanças concentradas na dianteira.

A segunda geração foi lançada apenas em maio de 2016, incluindo alterações visuais por dentro e por fora, além de um novo motor 1.4 turbo flex e diversos equipamentos tecnológicos inéditos.

Versões Sedã médio/Grande

Itaú

Simule o financiamento

Veja o valor da parcela do seu próximo carro, online e sem compromisso. Simular financiamento

Opinião do dono

10,0

Melhor custo Beneficio

Ronald Landgraf em 05/08/2016
Cruze LTZ 1.4 16V Ecotec (Aut) (Flex) 2017
 
Pontos positivos

design maravilhoso, otima performace, acabamento impecavel, muito confortavel, consumo no etanol na cidade 8,9 km/l consumo gasolina 12 km/l.

 
Pontos negativos

mesmo em alta velocidade a direção continua muito leve.....

 
Comentários

fiz teste drive em todos veiculos da categoria, o melhor de todos.......

Essa opinião foi útil pra você?
10,0

Carro do futuro

Silvio em 22/09/2016
Cruze LTZ 1.4 16V Ecotec (Aut) (Flex) 2017
 
Pontos positivos

conforto, desempenho, economia, modernidade, tecnologia. um carro muito bom de dirigir.

 
Pontos negativos

nenhum

 
Comentários

o turbo não dá tranco. a multimidia é muito fácil de operar. andando a 130 km/h com ar ligado faz 16 km/l com gasolina. a gm até que enfim lançou um carro médio com qualidades e equipamentos de nível europeu (sistema start stop, partida sem chave, on star, mutimidia de 8 pol., acionamento do motor e ar condicionado a distância, controles eletronicos de tração e estabilidade, bancos de couro de série, sensores de chuva e crepuscular, assistente de subida em rampa, um motor turbo de ultima geração e mioto mais) por um preço acessivel (97.000,00).

Essa opinião foi útil pra você?
10,0

ótima estabilidade!

Lanna yanna em 28/06/2016
Cruze LTZ 1.4 16V Ecotec (Aut) (Flex) 2017
 
Pontos positivos

veículo desenvolve muito rápido,grande estabilidade, conforto e tecnologia.

 
Pontos negativos

como é novo ainda não tive nenhum ponto negativo.

 
Comentários

ótimo veículo.

Essa opinião foi útil pra você?

publicidade

publicidade

Outros anos de Chevrolet Cruze

Outros anos Faixa de Preço Ofertas
2017 De R$ 89.990 a R$ 99.890 ver ofertas
2016 De R$ 64.493 a R$ 71.719 ver ofertas
2015 De R$ 56.836 a R$ 63.583 ver ofertas
2014 De R$ 49.615 a R$ 56.239 ver ofertas
2013 De R$ 45.587 a R$ 51.498 ver ofertas
2012 De R$ 44.126 a R$ 47.042 ver ofertas