FiatUno2016

Fiat Uno 2016 

9 versões a partir de R$ 26.503
7,4
(18 opiniões)
Faixa de Preço KBB™
O Preço KBB™ se baseia no preço sugerido pelas fabricantes + preço dos revendedores + condições de mercado. Essa combinação de dados passa ainda por uma equipe de analistas e gera o preço certo que você pode pagar por um carro novo, para que você possa ter maior confiança e fazer o melhor negócio. Saiba mais
Kbb
Sobre Fiat Uno
Por baixo do capô
O Uno possui duas opções de motorização. As versões mais em conta trazem um 1.0 8V flex que rende 75 cv com etanol e 73 cv com gasolina. O torque é de 9,9 kgfm e 9,5 kgfm, respectivamente. Já o 1.4 8V flex desenvolve 88 cv e 12,5 kgfm com etanol e 85 cv e 12,4 kgfm com gasolina. A transmissão é manual de cinco marchas de série, mas as configurações Way 1.4 e Sporting 1.4 podem ser equipadas opcionalmente com o câmbio automatizado Dualogic de cinco velocidades.
Mais do Uno
O Uno foi o primeiro carro nacional e o primeiro com motor flex a adotar o sistema Start/Stop, que desliga e religa o carro automaticamente em paradas rápidas para economizar combustível - tecnologia adicionada no modelo 2015. Segundo a fabricante, ele reduz o consumo em até 20%. Esse dispositivo vem de série apenas na versão Evolution, que substituiu a Economy. Nas demais configurações, ele não é oferecido nem como opcional.
O hatch recebeu poucas mudanças visuais na sua última reestilização, exibindo faróis e para-choques redesenhados, grade dianteira mais fina e nova disposição das luzes nas lanternas traseiras. O Uno está à venda em cinco versões de acabamento, sendo que a de entrada Vivace (com duas ou quatro portas) segue com o visual antigo. As outras configurações são Attractive, Way, Evolution e Sporting, todas vendidas apenas com quatro portas.
Passado
O nome Uno é utilizado pela Fiat no Brasil desde 1984, quando a primeira geração do modelo começou a ser oferecida por aqui. Facilmente reconhecido por suas linhas retas e quadradas, era chamado de “botinha ortopédica” e a marca utilizou isso como uma das ideias para a segunda geração que chegou em 2010. O modelo também tinha a missão de aposentar seu antecessor, mas isso só ocorreu no final de 2013 quando, por não poder oferecer airbags e ABS, a primeira geração (o Mille) foi descontinuada. A última reestilização foi lançada em setembro de 2014, ganhando mudanças visuais e a tecnologia Start/Stop.
publicidade
Opinião do dono
7,4
Avaliação Geral
18 avaliações
7,9
Design
Melhor nota
6,8
Performance
Pior nota
publicidade
publicidade