Lançamento: Chevrolet Onix e Prisma Joy 2017

Chevrolet resgata nome Joy para batizar a versão de entrada do hatch e do sedã com motor 1.0. Visual segue o antigo

05/08/2016 - Anamaria Rinaldi, de Indaiatuba (SP) / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Uma semana depois de apresentar a linha 2017 de Onix e Prisma, com novo visual, a Chevrolet retoma o nome Joy para batizar a nova versão de entrada de ambos os modelos, seguindo com o desenho antigo anterior à reestilização. Com menos equipamentos e motor 1.0, as novidades chegam às concessionárias do País neste mês. Entre as mudanças, estão suspensão recalibrada e transmissão manual de seis marchas. O Onix Joy chega por R$ 38.990 - o Onix LS 1.0 2016 custava R$ 39.190 - e o Prisma Joy custará R$ 42.990. Vale lembrar que segue no catálogo o Onix LT 1.0 reestilizado de R$ 44.890.

Leia mais:
Lançamento: Chevrolet Onix e Prisma 2017 
Galeria: Lançamentos que valem a pena esperar 
Salão de São Paulo: veja as marcas e lançamentos confirmados 
Salão de São Paulo: Cruze Sport6 tem presença confirmada 

Motorização e consumo

Em nova geração, o motor 1.0 flex 8V recebeu melhorias, embora tenha números de desempenho iguais ao do modelo anterior, rendendo 78 cv e 9,5 kgfm com gasolina e 80 cv e 9,8 kgfm com etanol. Segundo a empresa, esse propulsor traz pistões, bielas e anéis redesenhados e mais leves. Mudam também o tipo de óleo, o módulo eletrônico (40% mais rápido e potente) e o sistema de arrefecimento. Além disso, a transmissão manual agora passa a ser de seis marchas. A Chevrolet faz questão de destacar que foram feitas alterações ainda em suspensão, freio e até o uso de materiais nobres para redução de peso - o Onix está 31 kg mais leve, enquanto o Prisma perdeu 25 kg. Com a recalibração na suspensão, o Onix Joy está 10 mm mais baixo. 

Segundo o Inmetro, Onix Joy roda 12,9 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada com gasolina. Com etanol, os números são 9,1 km/l e 10,8 km/l, respectivamente. Segundo a empresa, o hatch está 14% mais econômico. Já no sedã Prisma Joy, os dados do Inmetro são 12,9 km/l na cidade e 15,6 km/l na estrada com gasolina ou 9 km/l em uso urbano e 11,1 km/l em rodovias com etanol. Nesse caso, a melhoria foi de 16% em relação ao modelo anterior. E para ajudar a dirigir de modo mais econômico, os modelos ganham alerta de mudança de marcha no painel. O Joy conta ainda com pneus com baixa resistência ao rolamento. 

Por dentro, como no modelo reestilizado, o Onix Joy recebeu puxadores e apoios de braço redesenhados, bem mais ergonômicos. Além disso, os comandos dos vidros elétricos no hatch passam a ficar no console central. Contudo, essas alterações não estão presentes no Prisma Joy, que segue com o padrão do modelo anterior. Segundo a empresa, essa escolha se deu em função de pesquisas com clientes. Dimensões e porta-malas não mudam: 289 litros no Onix e 500 litros no Prisma.

Equipamentos de série

O Onix e o Prisma Joy vêm equipados com direção elétrica progressiva, ar-condicionado, sistema OnStar (serviços de diagnóstico, de segurança e App/Web), função Eco, vidros dianteiros elétricos, velocímetro digital, alerta de mudança de marcha e de baixa pressão dos pneus, faróis com máscara negra, cinto de segurança do motorista com regulagem de altura, limpador e desembaçador traseiro, rodas aro 14 com calotas, provisão para instalação de rádio (não incluso fiação para alto-falantes nas portas) e os obrigatórios freios ABS e airbag duplo frontal. 

Falando especificamente do OnStar, o serviço de segurança inclui assistência a recuperação veicular com monitoramento, enquanto o de diagnóstico inclui informações em tempo real de monitoramento e alerta de pressão dos pneus e odômetro total através do aplicativo para smartphones OnStar App/Web. O aplicativo, aliás, traz alerta de movimento (informa o usuário por e-mail ou alerta no celular quando o veículo é movimentado), alerta de valet (informa o usuário por e-mail ou alerta no celular quando o veículo ultrapassa o perímetro de 500 metros do local do acionamento da função), alerta de velocidade (informa quando a velocidade estipulada no aplicativo é ultrapassada), ligação via APP (contato direto do usuário com a Central de Relacionamento Chevrolet), localização (informação e compartilhamento da coordenada do veículo ou do celular do usuário nas redes sociais), informações de diagnóstico remoto e função Siga Me (monitoramento remoto do veículo por 15 minutos, com informação de localização a cada 2 minutos). O serviço será gratuito por um ano a partir da data da compra do veículo, sendo que a Chevrolet ainda não informou qual será o valor cobrado após esse período.

Entre os acessórios estão controle remoto para travas e vidros elétricos, alarme perimétrico, sensor de estacionamento, central multimídia com TV, DVD, USB, Bluetooth e projeção para smartphones, CD Player, antena esportiva, revestimento premium para os bancos, porta-óculos no teto, rodas de liga leve aro 14 nas cores prata ou grafite, faróis de neblina e rack de teto. O pacote com multimídia, alarme e travas elétricas sai por R$ 4.190. Ambos os modelos podem ser adquiridos nas cores branco, prata, cinza, preto e vermelho, esta última exclusiva da versão Joy. No hatch há ainda um tom de vermelho chamado Chilli, especial de lançamento limitado a 500 unidades. Já o sedã Prisma tem a opção Cinza Satin Steel, também de lançamento, limitada a 500 unidades.

Impressões ao dirigir

Sem dúvida as mudanças feitas no Onix e no Prisma melhoraram bastante a sua dirigibilidade. O peso menor junto com a nova transmissão de seis marchas deixaram o hatch mais ágil que seu antecessor 1.0. O câmbio, aliás, oferece engates precisos. A suspensão está mais firme, dando mais estabilidade em curvas. O carro parece mais grudado ao chão. Contudo, essa mudança comprometeu o conforto, especialmente de quem vai no banco traseiro. Já a direção elétrica trouxe apenas benefícios, melhorando as manobras em qualquer velocidade.

No conjunto, as versões Joy são uma boa opção para quem está buscando um carro de entrada. Claro que, com isso, ele encontrará um acabamento mais simpes no interior e menos equipamentos de série. De resto, Onix e Prisma mantêm as qualidades das versões superiores, como bom espaço interno para um hatch e um sedã compacto, além de porta-malas na média dos segmentos. 

Vai vender? - Segundo a Chevrolet, os compactos 1.0 na faixa de preço entre R$ 35 mil e R$ 40 mil representam 58% do mercado nesse segmento. Por isso, a fabricante acredita que as versões Joy tenham potencial para atrair clientes que buscam o mínimo de conforto em um carro de entrada, como ar-condicionado, direção elétrica e vidros elétricos. Mercado para isso existe, basta observar as outras opções, como VW up!, Fiat Uno, o recém-lançado Fiat Mobi e o Renault Clio - embora este último também esteja com os dias contados. E não vamos esquecer que o Classic está aí até hoje e o Celta só foi descontinuado há pouco mais de um ano.

E o Classic ? - Na mesma época, no ano passado, a Chevrolet tirou de linha o Celta, após 15 anos de mercado no País. A tendência é que o Prisma Joy susbstitua o Classic, mas, por enquanto, de acordo com o fabricante, o sedã compacto continua com produção e comercialização normais. 

Veja abaixo a tabela de preços da linha 2017:

Onix
Joy 1.0 - R$ 38.990
LT 1.0 - R$ 44.890
LT 1.4 - R$ 49.590
LTZ 1.4 - R$ 54.490
Activ 1.4 - R$ 57.190

Prisma
Joy 1.0 - R$ 42.990
LT 1.4 - R$ 53.990
LTZ 1.4 - R$ 58.60
 

Test-drive a convite da Chevrolet

 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro