Briga pelo título acirra disputa na Stock Car

Com 168 pontos em disputa, os 15 primeiros colocados possuem chances matemáticas de título restando 3 etapas em 2019

06/11/2019 - Rodrigo França e Luiz Felipe Chaguri / Fotos: Bruno Terena / Fonte: iCarros

A reta final da temporada 2019 da Stock Car está chegando com três etapas decisivas. Neste final de semana, os pilotos da principal categoria do automobilismo nacional aceleram novamente no Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), com duas provas sendo disputadas.

Ainda restará mais uma rodada dupla em Goiânia (23/11) e a final com corrida única e pontuação dobrada em Interlagos (15/12) para que seja conhecido o campeão do ano.

Acreditamos que você gostaria de ler isso:
Stock Car: Pilotos desafiam pista mais veloz da temporada
Stock Car: Tudo sobre a Corrida do Milhão
Stock Car 2019: Classificação e Calendário
Stock Car: o conflito de gerações
Stock Car: como é o botão de ultrapassagem
Stock Car consagra veteranos no Velo Città

Na tabela de pontuação, o equilíbrio tradicional da categoria pode ser visto ainda mais claramente com o empate entre Daniel Serra e Ricardo Maurício, ambos na liderança com 265 pontos conquistados. Por mais que os dois pilotos venham em excelente fase, engana-se quem achar que a disputa pelo título é caseira na equipe.

Com 168 pontos ainda em disputa, 15 pilotos possuem chances matemáticas de título. Neste final de semana serão disputados 54 pontos, já que o vencedor da corrida 1 recebe 30 pontos e o ganhador da segunda prova acumula 24 pontos.

Pódio no Velo Città é com Cacá

Pentacampeão da Stock Car, Cacá Bueno subiu no pódio no Velo Città em todas as temporadas desde que o autódromo em Mogi Guaçu passou a receber provas da categoria em 2017.

O piloto da Cimed Racing, que também tem apoio de iCarros, conseguiu dois segundos lugares (2017 e 2019) no Velo Città e foi terceiro na temporada passada.

“A Cimed Racing tem um histórico muito bom para o Velo Città. Subi no pódio nessa pista nas três temporadas e agora estamos mais rápidos em classificação, então temos grandes chances de entrar novamente no Q3 igual fizemos em Cascavel para pontuar bem nas provas da rodada dupla”, diz Cacá.

Perseguição aos líderes

Terceiro colocado com 249 pontos, Thiago Camilo faz uma temporada bem consistente na Stock Car com quatro vitórias e cinco poles conquistadas. Em maio deste ano, no Velo Città, o piloto largou na ponta e dominou a prova principal.

Agora, Camilo espera retornar ao seu melhor período do ano, que foi justamente nas primeiras etapas do ano. O piloto carioca está 16 pontos atrás dos líderes Serra e Maurício.

Com 241 pontos, Rubens Barrichello tem traçado estratégias mais voltadas para a corrida 2 nas etapas. Foi assim que o piloto da Mobil Full Time Sports conseguiu suas quatro vitórias na temporada. Uma delas foi justamente no Velo Città, quando Rubinho ainda foi o recordista de pontos no final de semana ao lado de Casagrande.

O ex-F1 ainda soma seis pódios na temporada e está 24 pontos atrás de Serra e Maurício.

Fraga vem de duas vitórias seguidas

Em seu melhor momento na temporada, Felipe Fraga venceu as corridas principais nas últimas duas etapas. O tocantinense ganhou no Velopark (RS) e em seguida voltou a subir no degrau mais alto do pódio em Cascavel (PR).

Com os resultados positivos em sequência, Fraga encurtou a distância para o líder, que chegou a ser de 75 pontos há duas etapas e agora é de 40 pontos.

“A equipe vem crescendo no momento decisivo da temporada e as duas vitórias que conseguimos nas últimas etapas nos trouxeram de volta na briga pelo título. Eu venci no Velo Città nos últimos dois anos, é uma pista que eu gosto bastante, então vamos com tudo para seguir aproximando dos líderes”, diz Fraga.

Embalado por 4 pódios consecutivos

Gabriel Casagrande foi um dos principais nomes da etapa passada em Cascavel, quando conquistou a pole position e chegou em segundo lugar na corrida principal. O piloto paranaense fez de tudo para vencer em casa, mas agora buscará seu primeiro triunfo com a equipe Crown Racing no Velo Città.

O circuito, inclusive, é um dos que o piloto mais gosta no calendário da Stock Car. “Gosto muito do Velo Città por ser uma pista sem retas longas, muito parecida com um kartódromo, onde o piloto cansa muito dentro do carro. O meu retrospecto é muito bom e vamos trabalhar bastante para manter esses bons números”, diz Casagrande.

O piloto da Crown Racing foi cinco vezes ao pódio em 2019, sendo quatro vezes nas últimas quatro etapas, e é o atual sétimo colocado no campeonato.

“O objetivo agora passa a ser marcar o maior número de pontos para chegar na última etapa com chances matemáticas de título”, completa Casagrande, que foi o recordista de pontos no Velo Città em maio deste ano com 37 pontos e repetiu o feito na etapa passada, no Velopark, com 40 pontos.

Um conceito de autódromo diferente

Construído inicialmente para ser um circuito de testes de carros, o autódromo Velo Città tomou forma em 2012 após ter sido homologado pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo). No mesmo ano, a pista recebeu sua primeira corrida e é conhecida por ter muitas variantes e curvas bem distintas, com subidas e descidas, além de retas curtas.

O circuito fica dentro de uma propriedade particular e proporciona paisagens fascinantes aos visitantes, principalmente no final da tarde com o belo pôr-do-sol.

O traçado possui 3.438 metros de extensão, 14 curvas e tem como seu principal destaque uma das curvas mais famosas da temporada: a Caipirinha. A pista apresenta um desnível de 45 metros entre o ponto mais alto e o mais baixo e o traçado é bastante técnico, podendo testar a habilidade dos pilotos constantemente.

Programação da Stock Car no Velo Città

Neste final de semana, os treinos da 10ª etapa da Stock Car terão início apenas no sábado (9). O primeiro treino livre será às 8h25, enquanto o classificatório acontece às 13h30, com exibição ao vivo do GloboEsporte.com.

No domingo, a largada da prova 1 será às 11h e a segunda corrida começará ao meio-dia, ambas com transmissão ao vivo do Sportv 2.

Classificação da Stock Car após 9 de 12 etapas:

1) Daniel Serra, 265  

2) Ricardo Maurício, 265

3) Thiago Camilo, 249 

4) Rubens Barrichello, 241 

5) Felipe Fraga, 225 

6) Júlio Campos, 224 

7) Gabriel Casagrande, 191 

8) Cacá Bueno, 182 

9) Max Wilson, 133 

10) Bruno Baptista, 126 

11) Marcos Gomes, 125 

12) Nelson Piquet Jr., 125

13) Átila Abreu, 112  

14) Ricardo Zonta, 106 

15) Galid Osman, 99   

16) Diego Nunes, 95  

17) Allam Khodair, 88 

18) Lucas Foresti, 86

19) Denis Navarro, 85

20) Rafael Suzuki, 83  

21) Gaetano Di Mauro, 82 

22) Valdeno Brito, 81  

23) César Ramos, 63 

24) Marcel Coletta, 63  

25) Bia Figueiredo, 52  

26) Guga Lima, 48 

27) Felipe Lapenna, 35 

28) Pedro Cardoso, 34 

29) Agustín Canapino, 10 

30) Vitor Baptista, 7 

31) Raphael Reis, 3

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro