Tony Kanaan anuncia despedida da Indy em 2020

Conheça os feitos do piloto de 45 anos que fará sua última temporada na principal categoria de monopostos da América

31/01/2020 - Rodrigo França e Luiz Felipe Chaguri / Fotos: Joe Skibinski/RF1 / Fonte: iCarros

Um dos pilotos mais experientes do Brasil no automobilismo mundial, Tony Kanaan anunciou que esta será sua última temporada na Indy. O piloto da AJ Foyt publicou um vídeo em suas redes sociais sobre a ideia de sair da categoria americana no final de 2020, mas rechaçou a hipótese de se aposentar do automobilismo.

“Durante toda minha vida, eu fui piloto de carro de corrida. Do momento em que consegui alcançar os pedais em diante, isso era tudo que eu queria fazer. A ideia de ir ao limite e competir contra os melhores do mundo é tudo que alguém poderia querer. E durante mais de 20 anos, foi isso que eu fiz", afirmou Tony, que sempre teve Ayrton Senna como sua inspiração na carreira.

Tony tem um histórico vencedor e de conquistas nos Estados Unidos. O piloto baiano fez 377 corridas na Indy, mais do que qualquer outro piloto fez na história da F1, por exemplo. Para se ter uma ideia do que isso representa, a categoria americana tem menos etapas por ano que a F1.

A estreia de Tony na Indy aconteceu na antiga Champ Car, em 1998. Em 2003, com a migração para a atual IndyCar, Tony chegou forte na categoria conquistando uma vitória na segunda corrida e o título no ano seguinte com a equipe Andretti.

"Existem muitos marcos na minha carreira. Meu primeiro pódio (terceiro em Laguna Seca, 1998), minha primeira vitória (Michigan, 1999), meu (primeiro) campeonato (2004), e a vitória nas 500 Milhas de Indianápolis (2013). Mas como muitas conquistas, as vitórias são marcos, mas elas não contam a história toda. Elas não descrevem a irmandade que tenho com muitos dos meus competidores, elas não capturam os laços que tive com as equipes e com os meus mecânicos, elas não explicam a conexão que tenho com meus fãs e a importância que eles têm na minha vida.", continuou Tony em seu vídeo.

As cinco provas que Tony fará em 2020 na Indy serão com a equipe AJ Foyt, onde tem guiado nos últimos anos. Em 2018 e 2019, o piloto fez parte de uma dupla brasileira ao lado do jovem Matheus Leist.

Apesar das dificuldades por ser a equipe com menor poder econômico no grid, Kanaan conseguiu um pódio improvável na etapa de Gateway em 2019. Leist também quase conquistou o mesmo feito no circuito misto de Indianápolis, com um quarto lugar sob chuva.

Leia mais:
+ Fórmula 1: novas regras buscam salvar esporte da extinção
+ Seria a Mercedes a melhor equipe da história da F1?
+ F1: Brasil segue líder em audiência mesmo sem piloto no grid
+ Mercedes fora da F1? Tudo pode mudar em 2021

"Acredito que o mais importante disso tudo é que minhas conquistas nunca conseguiram traduzir em palavras o crescimento que eu tive como indivíduo, principalmente com minha família. Então hoje, não estou dizendo que estou parando, mas é hora de tirar um pouco o pé nessa última temporada. Minha carreira tem sido uma jornada e tanto, e tenho muito a mostrar ainda nessa última volta", completou Tony.

Confira os números de Tony Kanaan na Indy:

- 23ª temporada na Indy em 2020

- 377 corridas disputadas

- 17 vitórias

- 15 poles

- 78 pódios

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro