Sucessora elétrica da VW Kombi tem performance decepcionante

Ainda não é a versão oficial da Volkswagen para a eletrificação da neta da Kombi, modelo

20/05/2020 - João Brigato / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Na Europa, a preparadora ABT é conhecida por modificar modelos da Volkswagen e Audi para extrair o máximo de performance. Mas nos últimos anos também começou a trabalhar em modelos elétricos. Prova disso é que a sucessora da Kombi, a Transporter, recentemente ganhou uma versão 100% livre de poluentes chamada de eTransporter.

Leia mais:
+ Citroën Jumpy ganha versão elétrica com 330 km de autonomia
+ Kombi clássica elétrica sai pelo preço de um Porsche
+ Kombi volta em 2022, mas ainda não tem nome definido

No entanto, a van elétrica decepcionou no quesito performance e autonomia, além de ser bastante cara. Enquanto as vans elétricas de Peugeot (Expert), Citroën (Jumpy) e Opel (Vivaro) têm preços na casa dos 30 mil euros (R$ 188 mil), a van convertida da Volkswagen começa em 42 mil euros (R$ 263 mil).

Pouca autonomia

Se o preço mais alto já torna a vida da neta da Volkswagen Kombi mais complicada, quando as comparações são com o conjunto elétrico, ai a vantagem das primas francesas é ainda maior. A Volkswagen eTransporter ABT roda apenas 132 km com carga completa, enquanto ë-Jumpy, e-Expert e Vivaro-e atingem 230 km na versão mais barata.

Veja aqui ofertas de carros da Volkswagen na sua cidade

Já as variantes mais caras das vans da PSA, que ainda assim são mais baratas que o modelo VW ABT, rodam até 330 km. O motor também é mais fraco, rendendo apenas 110 cv e 20,4 kgfm – praticamente a mesma cavalaria de um VW Polo TSI com desvantagem de 18 cv.

Simule aqui as parcelas do seu próximo carro

Como resultado, a eTrasnporter precisa de 17,4 segundos para atingir 100 km/h se não houver carga em seu interior. Segundo a preparadora, o furgão é capaz de carregar até 1.001 kg, exatos 274 kg a menos que as rivais francesas que são mais baratas e rodam mais quilômetros.

Segredos

O grande problema desse modelo está no fato de ter nascido em uma plataforma não totalmente feita para modelos elétricos, além de ser uma conversão feita por uma preparadora, não uma versão oficial da Volkswagen.

A ID.Buzz, essa sim uma van com visual retrô de Kombi e criada para ser 100% elétrica, tem promessa da Volkswagen de números bem melhores que o modelo da ABT. A julgar pelo conceito, ela deve rodar entre 320 km e 550 km, dependendo da versão.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro Auto

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro