Carro com câmbio automático: como dirigir?

Com a popularização dessa transmissão, cada vez mais pessoas precisam aprender como usar e se aproveitar das facilidades

11/07/2018 - Redação / Foto: Thiago Moreno / Fonte: iCarros

Não importa se é convencional, CVT ou de dupla embreagem. O fato é que cada vez mais brasileiros optam pelo câmbio automático na hora de comprar um carro novo. Só que cada vez mais pessoas que nunca tiveram contato com esse tipo de transmissão precisam aprender a usá-la. Para isso, o iCarros separou algumas dicas de como dirigir um carro automático.

Leia mais:
Precisa transferir o carro? Veja o passo a passo
Trocando de veículo? Veja as ofertas do iCarros
Vai parcelar? Simule aqui o valor da mensalidade

Se familiarize com as posições do câmbio

Independente do câmbio, ele terá ao menos as posições abaixo:

P – Posição para ser usada quando o carro está parado, pois trava o câmbio e impede a movimentação do carro.

N – Neutro. Assim como em um carro manual, é a posição em que o carro fica “solto”, sem nenhuma marcha engatada.

R – Engata a marcha ré. Para ser utilizada apenas em manobras.

D – Significa “drive”, literalmente “dirigir” em português. É posição em que o câmbio trabalha e faz o carro se movimentar ao passo em que faz as trocas de marcha sozinho.

Esqueça o pé esquerdo

Um dos primeiros erros cometidos por quem acabou de sair de um carro manual para um automático é, sem querer, usar o freio com pé esquerdo. Acostumado à embreagem, esse pé gera freadas bruscas caso acione o freio. Em um carro automático, esqueça a perna esquerda e use somente a direita para acelerador e freio como você sempre fez.

Cuidado: ele anda sozinho

Esse é um fenômeno conhecido como “creeping”. Quando um carro automático está na posição D e o motorista apenas tira o pé do acelerador, o carro começa a andar lentamente para frente sozinho, mesmo sem acelerar. É bom ficar atento para não causar pequenos acidentes.

Não confie no apenas no P

Uma vez que o P trava o câmbio e o carro não se movimenta, alguns motoristas ficam tentados a esquecer de usar o freio de mão. Isso é prejudicial para o câmbio. A trava é mecânica e não é feita especificamente para segurar o peso do carro. Então, sempre use o freio de mão.

O ideal ao se parar em uma ladeira, por exemplo, é parar, puxar o freio de mão, colocar o câmbio em N, soltar o pedal de freio, esperar o carro parar completamente apenas com o freio de mão e aí sim colocar o câmbio em P.

No trânsito, posso colocar em N quando parar?

Em situações de trânsito intenso ou parado em semáforos, alguns motoristas colocam o câmbio em N. A atitude não é necessariamente maléfica, mas não traz benefícios. Lembre-se que os câmbios automáticos foram feitos para ficarem parados em D já pensando nessa situação. Nas transmissões mais modernas, as transmissões já simulam o neutro (desconectam o motor do câmbio) automaticamente quando parados, mesmo estando em D.

Não engate a ré ou P em movimento

Assim como não é recomendável engatar a ré com o carro em movimento em um carro manual, o mesmo ocorre com o câmbio automático. O risco aqui é forçar e até mesmo quebrar o elemento que faz o meio de campo entre o motor e o câmbio, seja um conversor de torque ou kit de embreagens, ou mesmo as engrenagens de marcha.

A mesma dica vale para a posição P. Como ele atua muitas vezes como uma trava mecânica do câmbio. Engatá-la com o carro em movimento gerará desgastes desnecessários e até mesmo a quebra.

Não acelere antes de colocar em D

Para arrancar com a rotação alta, alguns motoristas recomendam colocar o câmbio em N, acelerar e então colocar em D. Essa prática, além de um belo tranco, força e pode até quebrar o conversor de torque, ou kit de embreagens dependendo do câmbio.

Quando usar o modo manual?

Nos câmbios automáticos que permitem a seleção manual de marchas, você pode escolher a hora de trocar de marcha. Essa possibilidade facilita em casos de ultrapassagens, por exemplo. Basta acionar o botão ou borboleta para efetuar uma redução e obter quase que instantaneamente mais força do motor.

Em alguns casos, quando o motorista faz a troca manual com o câmbio em D, a transmissão volta sozinha para o modo automático normal depois de alguns segundos. Em modelos com borboletas, caso o motorista não queira esperar o câmbio retornar sozinho ao modo automático, basta segurar a aleta “+” para voltar ao modo normal.

E quando o câmbio não me obedece?

Usando o modo manual, o motorista pode se deparar com situações em que o câmbio não permite a troca de marcha pedida, geralmente sinalizada por uma mensagem no painel. A transmissão faz isso para se proteger e proteger o motor de uma redução que leve a rotação acima do permitido ou passar uma marcha para cima abaixo da rotação mínima de operação do motor.

Por que há um botão de trava no câmbio?

A maioria dos câmbios possui um botão de trava. Ele serve para impedir que as marchas sejam engatadas com o carro desligado, ou o acionamento acidental da transmissão com o carro ligado. Em linhas gerais, o motorista não pode tirar o câmbio da posição P sem, simultaneamente, pisar no freio e apertar o botão da alavanca. O mesmo vale para engatar a ré na posição R. Em modelos mais antigos, não existe uma trava, mas um trilho para dificultar o acionamento acidental ou brusco.

D3, 2, 1, L, S – Quando usar as outras opções do câmbio?

Além das quatro posições padrão, os câmbios automáticos podem possuir mais posições. Se elas aparecerem numeradas perto da alavanca, significa que você tem a opção de limitar o câmbio até aquela determinada marcha. Por exemplo: 3 limita até a terceira, 2 até a segunda e 1 usa apenas a primeira marcha.

Para câmbios do tipo CVT ou em transmissões automáticas sem modo manual é comum ver também as posições L ou S. L é de “low” e é uma posição que prioriza a força e pode ser usada com o carro muito carregado, por exemplo. Já o S é o modo esportivo, que prioriza o desempenho. Ambos podem ser usados para se obter mais freio motor em uma descida longa.
 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro