Franquia de seguro: vale a pena pagar?

Geradora de custos e, mais importante, de dúvidas, a franquia de seguro importa nas horas mais difíceis

09/10/2018 - Redação / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

Franquia de seguro. Você já ouviu falar do termo, mas pode não entender o que ele realmente significa. Pagar por ele então, é quase que um linguajar falar apenas por corretores. Por isso, o iCarros separou o tema em duas parte para você entender mais sobre a franquia de sua apólice de seguro.

Leia mais:
Veja tudo o que você precisa fazer para transferir um veículo
Confira 10 erros e acertos do Hyundai HB20
Veja os carros mais caros de se manter

O que é franquia de seguro?

A franquia é um valor estabelecido no contrato que deve ser pago pelo segurado para reparar os danos ao seu veículo em caso de perda parcial (até 75% do valor do veículo). Se o prejuízo for menor que o valor da franquia, o cliente assume o custo integral do reparo e, se for maior, a seguradora arca com o valor excedente. Por exemplo, se a franquia do seguro for de R$ 2.000, danos até esse valor são pagos somente pelo consumidor. Mas se for maior, como R$ 5.000, o cliente paga R$ 2.000 e a seguradora assume os R$ 3.000 restantes.

Quanto mais baixa a franquia, maior o valor do prêmio a ser pago pelo cliente. Por outro lado, a cobertura também será menor, então é preciso pensar bem antes de definir o valor em contrato. O valor da franquia só pode ser revisto no momento da renovação ou ao fazer um novo seguro.

Confira ofertas de carros perto de você
Simule aqui o quanto gastar nas parcelas de seu próximo carro

Quando vale a pena pagar a franquia do seguro?

Se o custo para reparar o veículo for menor que a franquia, não vale a pena acionar o seguro, pois não haverá indenização ou reembolso do valor excedente. Porém, se for maior, vale a pena pagar a franquia, uma vez que a seguradora arcará com o gasto a mais, cabendo ao cliente uma parcela menor do que pagaria pelo conserto integral do veículo.

Em outras palavras, se a franquia é de R$ 2.000, vale a pena acionar o seguro se o custo de reparo for maior do que os R$ 2.000. É preciso lembrar também que, ao fazer uso da franquia, o cliente perde o bônus – se houver - para a próxima renovação do contrato. Por isso, se a diferença for pequena, pode ser interessante arcar com o valor integral do conserto e manter o bônus.
 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro