Há 35 anos, o primeiro show de Ayrton Senna na F1

Com a modesta equipe Toleman, o então piloto brasileiro de 24 anos brigou pela vitória e conquistou seu primeiro pódio

05/06/2019 - Rodrigo França / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Nas estatísticas oficiais, o dia 3 de junho de 1984 anota uma vitória de Alain Prost na F1. Mas este dia histórico da F1, que completa 35 anos em 2019, será sempre lembrado por conta da primeira grande apresentação na maior competição mundial do esporte a motor de um jovem talento: Ayrton Senna.

Leia mais:
Fim do tabu de 99 anos: vitória da França na Indy-500
Cacá Bueno faz história em Mônaco com a Jaguar
Duelo Barrichello X Serra desponta na Stock Car

Competindo com a modesta equipe Toleman, o brasileiro já era conhecido no meio automobilístico por suas conquistas no kart e nos campeonatos ingleses, sobretudo na F3 no ano anterior, quando foi campeão.

Simule aqui as parcelas do seu próximo carro

Mas foi mesmo naquele dia, debaixo de forte chuva no circuito mais difícil da temporada, que Senna apareceu pela primeira vez como um potencial campeão da F1.

Largando em 12o lugar, ele tirou proveito das péssimas condições de aderência da pista e conseguiu ultrapassagens históricas. Uma delas foi por fora na curva Saint Devote em cima de ninguém menos que Niki Lauda, que seria campeão daquela temporada com a McLaren.

Esta bela manobra lhe rendeu o segundo lugar e a diferença para o líder caia assombrosamente a cada volta. Quando se aproximava de uma possível ultrapassagem sobre Alain Prost, a direção de prova interrompeu a corrida com bandeira vermelha e declarou o francês como vencedor oficial do GP de Mônaco.

A decisão foi controversa, já que a chuva estava bem pior em momentos anteriores, como conta o jornalista Reginaldo Leme.

“Muitos anos depois, em conversa franca com o Jacky Ickx (ex-piloto de F1 e diretor de prova na ocasião), ele admitiu que sofreu muita pressão do Jean Marie Balestre para encerrar a prova”, diz Leme.

Senna subiu ao pódio contrariado – aquela poderia ser sua primeira vitória na F1 e e também no Principado, onde se tornaria anos mais tarde o rei de Mônaco, com seis vitórias, recorde até hoje não alcançado. Em todo caso, foi o melhor resultado da Toleman, que até então só havia conseguido um quarto lugar em seus três anos de história.

Ironicamente, a decisão que favoreceu Prost acabou sendo jogada contra o francês ao final do ano. Com aquela pontuação pela metade, como previa o regulamento, Niki Lauda se tornou campeão por apenas meio ponto.

O francês teria conquistado seu primeiro título na F-1 caso tivesse sido segundo e Senna o primeiro – com a pontuação normal, já que ele levaria seis pontos, contra 4,5 do que acabou levando.

Nascia assim, ainda que de forma indireta, em 3 de junho de 1984, o primeiro capítulo da história de dois grandes rivais da história do esporte mundial.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

 

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro