O que é e como funciona o freio ABS?

Obrigatório no Brasil desde 2014, os freios com sistema antitravamento salvam vidas

03/01/2018 - Redação / Foto: Thiago Moreno / Fonte: iCarros

Obrigatórios no Brasil desde o dia primeiro de janeiro de 2014, os freios ABS nem sempre foram bons conhecidos dos brasileiros. O sistema antitravamento é um item de segurança importante que salva vidas diariamente. E você pode nem notar que ele está atuando. O ABS equipou um carro no Brasil pela primeira vez em 1991 com o Volkswagen Santana, chegando depois ao Chevrolet Ômega. Veja a seguir como funciona o sistema.

Leia mais:
Veja todos os lançamentos confirmados para 2018
Como funciona e como usar o câmbio automático 
O que é e como funciona o câmbio CVT?

O que é ABS?
É um sistema de freios complementar ao sistema convencional que evita o travamento das rodas em uma frenagem brusca de emergência. Seu nome vem da sigla em inglês para Antilock Braking System. No painel do veículo, o ABS é identificado por um luz amarela que traz exatamente a sua sigla, mostrando que tudo está em perfeito funcionamento se ela se apagar ou revelando um problema se permanecer acesa. 

Como funciona o ABS?
Usando sensores, o sistema monitora a velocidade nas rodas e, ao identificar que a frenagem causará o travamento de uma ou mais rodas, ele consegue atuar de forma independente em cada um para evitar que isso ocorra. O freio aplica pressão e solta continuamente durante alguns segundos, pinçando o disco ou o tambor, dependendo do sistema. Mas ele só entra em ação ao pisar no pedal do freio com força.

Quais são suas características?
Ao entrar em ação, a principal característica do ABS é uma trepidação no pedal do freio. Se isso não ocorrer, significa que o ABS não agiu, mas de qualquer forma ele segue monitorando a velocidade nas rodas. 

Quais são as vantagens do ABS?
Além de evitar que as rodas travem, o sistema permite que o condutor mantenha o controle da direção para fazer manobras. Ou seja, é possível girar o volante e desviar de obstáculos enquanto o sistema atua para parar o carro, freando sem perder a dirigibilidade. Outra vantagem é o menor tempo e a menor distância de frenagem - já que as rodas não travam, o carro não desliza ou derrapa por perder contato/atrito com o solo. E sua eficiência ocorre mesmo em pisos com baixa aderência com areia, grama ou asfalto molhado. 

 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro