Brasil volta à F1 com Fittipaldi e Sette Câmara

Pietro Fittipaldi, piloto de testes da Haas, e Sergio Sette Câmara, piloto de testes da McLaren, estiveram em Barcelona

16/05/2019 - Rodrigo França / Foto: Divulgação / Fonte: iCarros

A ausência de pilotos brasileiros no grid da F1 parece estar próxima do fim a julgar pela semana oficial de testes da categoria em Barcelona. Com testes bem restritos e as oportunidades sendo cada vez mais raras mesmo para jovens pilotos testarem, o Brasil teve dois representantes em cada um dos dois dias de treinos no circuito catalão, que recebeu a F1 no último domingo.

Leia mais:
Fittipaldi estreia na DTM com Audi
Jaguar Brazil Racing conquista sexto pódio consecutivo
Os 10 carros mais importantes dos 40 anos da Stock Car

Neto do bicampeão mundial e da Indy-500 Emerson Fittipaldi, Pietro Fittipaldi acelerou o carro da equipe Haas na terça-feira e fez o tempo de 1min18s362, sendo o sétimo melhor do dia. A performance foi elogiada pelo time, que teve nesta quarta-feira o titular Kevin Magnussen ao volante, virando apenas 0s2 melhor que o brasileiro, que é piloto de testes do time.

Simule as parcelas do seu próximo carro aqui

"Foi um dia muito bom e que consegui somar muita quilometragem. O carro estava bom e bastante confiável, então agradeço todos da equipe pelo trabalho de hoje aqui em Barcelona. Testamos diversos ajustes ao longo do dia e nosso ritmo foi muito positivo", avalia Pietro, que foi campeão da World Series em 2017 e em 2019 está competindo com um Audi na DTM, maior campeonato de carros de turismo da Europa.

Vai trocar de carro? Veja aqui ofertas perto de você

Além dos tempos competitivos e do ótimo feedback da equipe Haas, Fittipaldi também está acumulando bastante quilometragem com o F1. Em um único dia, ele completou 103 voltas em Barcelona, quase duas vezes a distância de um Grande Prêmio.

Somando os testes que ele já fez em Abu Dhabi (no ano passado) e neste ano em Bahrein e na pré-temporada também na Espanha, Pietro já soma 287 voltas, ou seja, 1.435 quilômetros pilotando um F1.

"Estou realmente muito feliz com toda essa experiência fazendo trechos curtos e outros bem longos na pista. Com certeza nós conseguiremos aproveitar bastante dessas informações para a sequência do nosso trabalho com a Haas. Eu me sinto muito bem no carro e foi um grande dia", completa Pietro, que neste domingo acelera em Zolder na segunda etapa do DTM.

O Brasil também teve nesta semana a estreia de Sergio Sette Câmara na equipe McLaren. O brasileiro já havia pilotado um F1 da Toro Rosso, mas pode experimentar pela primeira vez o modelo do time com o qual assinou contrato de piloto de testes em 2019.

Aos 20 anos, Câmara também compete na F2 nas preliminares da categoria principal. Em Barcelona, em seu primeiro teste com a McLaren, o brasileiro completou apenas 19 voltas e viu seu carro apagar na curva 10 com um problema técnico ainda não identificado.

“Tive em Barcelona o meu primeiro dia de pista com MCL34. Depois de vários dias no simulador a experiência foi muito legal. Infelizmente completei apenas três voltas (rápidas) em virtude de um problema técnico no carro. Sou grato por esta oportunidade e estarei sempre pronto para quando a equipe precisar”, comentou o jovem mineiro que é o sexto colocado no Campeonato Mundial de F2.

A liderança dos dois dias de treinos foi da Mercedes, de Valtteri Bottas. Confira os melhores tempos dos testes oficiais da F1 em Barcelona e os compostos utilizado, sendo C2 o mais duro (e lento) e C5 o mais mole (e rápido).

Testes da F1 em Barcelona com as melhores voltas de cada piloto:

 

1- Valtteri Bottas (Mercedes) – 1m15s511 – pneus C5

2- Nikita Mazepin (Mercedes) - 1m15s775 - pneus C5

3- Charles Leclerc (Ferrari) –  1m16s933 – pneus C2

4- Alexander Albon (STR) - 1m17s079 - pneus C4

5- Antonio Fuoco (Ferrari) - 1m17s284 - pneus C4

6- Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) - 1m17s393 - pneus C5

7- Jack Aitken (Renault) - 1m17s621 - pneus C4

8- Daniil Kvyat (Toro Rosso) – 1m17.679s –  pneus C4

9- Nico Hulkenberg (Renault) – 1m18.051s – pneus C3

10- Kevin Magnussen (Haas) - 1m18s101 - pneus C3

11- Pierre Gasly (Red Bull) – 1m18.140s – pneus C3

12- Nick Yelloly (Racing Point) - 1m18s212 - pneus C5

13- Carlos Sainz (McLaren) – 1m18.263s – pneus C2

14- Pietro Fittipaldi (Haas) – 1m18.326s - pneus C3 Proto

15- Lando Norris (McLaren) – 1m18.567s – pneus C3

16- Nicholas Latifi (Williams) - 1m18s573 – pneus C5

17- Dan Ticktum (RBR) - 1m19s458 - pneus C3

18- Callum Ilott (Alfa Romeo) – 1m19.819s – pneus C2

19- Oliver Turvey (McLaren) - 1m20s712 - pneus C3

20- Lance Stroll (Racing Point), 1m20s745 - pneus Proto

21- Sérgio Sette Câmara (McLaren) - 1m21s565 - pneus C2
 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro