Guia da F1: tudo sobre a temporada 2020

Campeonato começa na Austrália e vive clima de incertezas por conta do coronavírus e revolta das equipes com a FIA

11/03/2020 - Rodrigo França e Luiz Felipe Chaguri / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

A temporada 2020 da Fórmula 1 começará neste domingo (15) com o GP da Austrália, em Melbourne. A expectativa para a primeira corrida é grande para os fãs, que aguardam para ver se a Mercedes manterá sua hegemonia por mais uma temporada com Lewis Hamilton, atual hexacampeão mundial.

Mais da F1:
+ F1: Sette Câmara é o novo piloto reserva da Red Bull
+ Briga na F1: acordo da Ferrari com FIA é atacado por rivais
+ Testes da F1 terminam com Mercedes na frente

O piloto britânico segue sendo a grande mira para as equipes adversárias, como Ferrari e Red Bull. Em 2020, Hamilton poderá igualar Michael Schumacher em número de títulos mundiais (7) e ainda ultrapassar o recorde de 91 vitórias, já que Lewis tem “apenas” sete triunfos a menos que o alemão.

Mas essas estatísticas parecem mesmo ficar em segundo plano nesse começo de ano. Muito por conta do coronavírus, que atinge diversos cantos do mundo, principalmente China e Itália, sede da Ferrari, Alpha Tauri e de parceiros importantes, como a Pirelli, fornecedora oficial de pneus.

Se no grid não haverá tantas mudanças assim, muito por conta das grandes alterações que estão para vir em 2021 no regulamento, a temporada 2020 já começou bastante diferente das últimas antes mesmo da abertura.

Os planos de que seria a maior temporada de todos os tempos, com 22 corridas pré-agendadas, já foi por água abaixo. Isso porque o GP da China foi cancelado, enquanto outras provas também correm risco pela forte propagação do vírus. O GP do Barein, segundo do ano, será com portões fechados para o público. O GP do Vietnã também está sob risco depois que autoridades locais iniciaram medidas mais restritas a quem vem de países europeus.

Na pista, o que se espera é de uma temporada com os carros andando mais próximos. A pré-temporada nem sempre retrata o que deve acontecer, mas foi possível ver uma Racing Point andando mais forte. A equipe usa motores Mercedes, mas só poderemos prever uma real ameaça para a Ferrari e Red Bull depois desta primeira corrida em Melbourne.

Os pilotos e equipes da temporada 2020 da F1

A F1 seguirá com 20 carros no grid em 2020 e teve apenas duas mudanças para a atual temporada. Nicholas Latifi entrou na vaga de Robert Kubica na Williams e Esteban Ocon tirou o lugar de Nico Hulkenberg na Renault.

As maiores mudanças podem acontecer mesmo em 2021, quando o regulamento será bastante alterado e um novo Pacto de Concórdia será assinado entre as equipes e a FIA. Confira a lista de pilotos e equipes para este ano:

Mercedes – Lewis Hamilton e Valtteri Bottas

Ferrari – Sebastian Vettel e Charles Leclerc

Red Bull – Max Verstappen e Alexander Albon

McLaren – Carlos Sainz e Lando Norris

Renault – Daniel Ricciardo e Esteban Ocon

Toro Rosso – Pierre Gasly e Daniil Kvyat

Racing Point – Lance Stroll e Sergio Perez

Alfa Romeo – Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi

Haas – Romain Grosjean e Kevin Magnussen

Williams – George Russell e Nicholas Latifi

Revolta das equipes com a FIA

A principal história de bastidores desse início de março é a revolta de sete equipes do grid com um pacto entre FIA e Ferrari. A equipe italiana foi acusada no final de 2019 por irregularidades em seu motor.

O órgão máximo do automobilismo avaliou o caso e soltou um comunicado dizendo que fez um acordo com a Ferrari, mas não estabeleceu nenhuma multa e não apontou nada do que foi encontrado.

Com isso, todas as sete equipes que não utilizam motores Ferrari organizaram uma carta e tornaram público suas insatisfações com o rumo dessa história. Para saber mais detalhes, confira a análise completa do iCarros.

Volante polêmico da Mercedes

O segundo dia de testes da pré-temporada da Fórmula 1 em Barcelona ficou marcado por um novo sistema nos carros da Mercedes. O DAS, Dual Axis Steering ou Direção de Eixo Duplo.

O DAS é basicamente um volante ajustável, que o piloto pode mover para frente e para trás. Com isso, o posicionamento da suspensão muda, o que também afeta a posição dos pneus e sua área de contato com a pista. No entanto, o ganho que a Mercedes busca ter com isso ainda é uma incógnita.

Segundo a FIA, o uso do volante é legal. Mesmo assim, ainda não é a certeza que a equipe alemã usará o DAS na abertura da temporada em Melbourne. Saiba mais sobre o DAS.

Vencedores na Austrália

O maior vencedor do GP da Austrália é Michael Schumacher com quatro vitórias, todas em Melbourne. Jenson Button e Sebastian Vettel aparecem logo atrás na lista com três triunfos cada.

Apesar de ser o recordista de poles na Austrália (8 no total), Lewis Hamilton conseguiu apenas duas vitórias no país. Entre os brasileiros, Ayrton Senna foi o maior vencedor com duas vitórias e seis poles conquistadas em Adelaide. O circuito de rua recebeu a F1 entre 1985 e 1995.

Hamilton e os recorde de Ayrton Senna

Hamilton, inclusive, pode bater dois recordes do ídolo brasileiro neste final de semana. Eles são os pilotos que mais conquistaram poles em um mesmo Grande Prêmio. Hamilton na Austrália e Senna também conseguiu oito poles em San Marino.

Eles também estão empatados na história com o maior número de vitórias de ponta a ponta na F1. Ambos possuem 19 triunfos conquistados. Para os recordes serem quebrados, o britânico precisará de um final de semana praticamente perfeito em Melbourne.

Programação completa da F1 em Melbourne:

Quinta-feira (12/03)

Treino Livre 1 – 22h

Sexta-feira (13/03)

Treino Livre 2 – 02h

Sábado (14/03)

Treino Livre 3 – 0h

Classificação – 3h

Domingo (15/03)

Corrida – 2h

Confira o calendário completo de 2020 da Fórmula 1:

01. Grande Prêmio da Austrália / 15 de março de 2020

02. Grande Prêmio do Barein / 22 de março de 2020

03. Grande Prêmio do Vietnã / 5 de abril de 2020

04. Grande Prêmio da Holanda / 3 de maio de 2020

05. Grande Prêmio da Espanha / 10 de maio de 2020

06. Grande Prêmio do Mônaco / 24 de maio de 2020

07. Grande Prêmio do Azerbaijão / 7 de junho de 2020

08. Grande Prêmio do Canadá / 14 de junho de 2020

09. Grande Prêmio de França / 28 de junho de 2020

10. Grande Prêmio da Áustria / 5 de julho de 2020

11. Grande Prêmio da Grã-Bretanha / 19 de julho de 2020

12. Grande Prêmio da Hungria / 2 de agosto de 2020

13. Grande Prêmio da Bélgica / 30 de agosto de 2020

14. Grande Prêmio da Itália / 6 de setembro de 2020

15. Grande Prêmio de Cingapura / 20 de setembro de 2020

16. Grande Prêmio da Rússia / 27 de setembro de 2020

17. Grande Prêmio do Japão / 11 de outubro de 2020

18. Grande Prêmio dos EUA / 25 de outubro de 2020

19. Grande Prêmio do México / 1 de novembro de 2020

20. Grande Prêmio do Brasil / 15 de novembro de 2020

21. Grande Prêmio de Abu Dhabi / 29 de novembro de 2020 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

 

 

 

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro