Lewis Hamilton pode conquistar hexa da F1 no México

Piloto da Mercedes precisa ampliar sua vantagem em 14 pontos para o companheiro de equipe, Valtteri Bottas

25/10/2019 - Rodrigo França e Luiz Felipe Chaguri / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

A F1 chega ao México para disputar mais um GP da temporada 2019, e novamente a capital mexicana pode entrar para a história como palco da decisão do título mundial. Lewis Hamilton precisa abrir 14 pontos de vantagem sobre seu companheiro de equipe na Mercedes, Valtteri Bottas.

Somente os dois pilotos do time germânico podem levar o Mundial de F1 deste ano.

A história recente mostra um bom retrospecto a Hamilton: afinal, foi na Cidade do México onde ele garantiu seus últimos três títulos, mas o próprio piloto da Mercedes fez questão de diminuir esta expectativa.

Continue lendo:
Fórmula 1 2019: Classificação e Calendário
Hamilton pode bater 4 recordes de Senna e 8 de Schumacher
F1 de 2021 estreia na pista com novos pneus Pirelli
Fórmula 1 anuncia recorde de corridas na temporada 2020
O futuro da F1: novos carros estreiam em 2021

Se conquistar o título, o piloto que é grande fã de Ayrton Senna vai ultrapassar o ídolo do brasileiro, Juan Manuel Fangio, e, com as seis conquistas, ficará apenas a uma de igualar o recordista Michael Schumacher, que tem sete.

“Sinceramente falando, não me lembro de quantas corridas eu fiz mais de 14 pontos que o Bottas. Acho que talvez nenhuma ou uma, no máximo. Estou prevendo um final de semana difícil, com ele andando muito forte, como foi na corrida passada, quando ele venceu. Mas para mim não faz diferença se ganho aqui ou depois, ainda tem muitos pontos em jogo e o importante é ganhar o título”, disse Hamilton durante a entrevista coletiva oficial da FIA no México.

O que Hamilton precisa fazer para ser campeão no México?

Para Hamilton ser campeão no México, o britânico precisa contar com alguma das seguintes combinações:

- chegar em primeiro e cravar a melhor volta, desde que Bottas chegue no máximo em quarto lugar

- chegar em primeiro e Bottas ser no máximo quinto colocado

- chegar em segundo e Bottas ser oitavo sem ter cravado a melhor volta

- chegar em segundo e Bottas ser no máximo nono colocado

- ser o terceiro colocado e cravar a melhor volta, desde que Bottas chegue no máximo em nono lugar

- ser terceiro colocado e Bottas ser no máximo o décimo colocado sem ter feito a melhor volta da prova.

Ferrari com chances de vitória

Outra questão interessante é o favoritismo das Ferraris na pista onde os carros podem chegar a mais de 360 km/h por conta das longas retas e dos efeitos da altitude. Charles Leclerc e Sebastian Vettel mostraram que o time italiano é considerado o favorito, sobretudo nos treinos classificatórios, quando a pista tem trechos de longa aceleração, como foi em Spa-Francorchamps e Monza, com duas vitórias da Ferrari.

Já a Red Bull venceu nesta pista em 2019 com Max Verstappen, mas ainda é incerto o quanto o time com motores Honda será competitivo no Autódromo Hermano Rodriguez.

O GP do México de F1, que pode decidir o título a favor de Lewis Hamilton, será disputado neste domingo, a partir das 16h10, com transmissão ao vivo no Sportv.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro