Verstappen coloca Red Bull na briga com Mercedes e Ferrari

Piloto holandês foi o mais rápido do primeiro dia de treinos do GP da Rússia de F1

27/09/2019 - Rodrigo França / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Com uma reação impressionante nas últimas três provas, a Ferrari chegou à Rússia como favorita para desbancar a atual líder da F1, Mercedes. Mas foi a Red Bull de Max Verstappen que dominou o primeiro dia de treinos do GP que será disputado neste domingo em Sochi.

O holandês cravou a melhor volta desta sexta-feira em 1min31s162, mais de três décimos de segundo mais rápido que o segundo colocado, o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari. O time italiano ganhou as três provas passadas, sendo que em dois tipos de pista bem diferentes (nos velozes traçados de Monza e Spa-Francorchamps e no sinuoso circuito de rua de Cingapura).

Sochi é uma pista urbana, dentro do Parque Olímpico na cidade russa, mas de caraterísticas mais próximas a um circuito tradicional, mesclando curvas de alta e média velocidade. Em um traçado assim, quem se deu bem neste ano foi justamente a Red Bull com Verstappen, vitorioso na Alemanha.

Punição para Verstappen

A expectativa de ver a Red Bull na pole, porém, recebeu um balde de água fria com uma notícia vinda do paddock da F1 nesta semana. Verstappen pagará uma punição e vai perder cinco posições no grid porque a Honda fez uma troca em seu motor de combustão interna.

“É sempre difícil julgar uma punição. Acho que, se você for rápido, você ainda vai poder passar alguns caras. E são só cinco posições, então não é tão ruim. Se imaginasse que Cingapura seria tão difícil, teria sofrido a punição lá. É simplesmente um ponto de interrogação sobre o que acabou dando errado lá. Aqui na Rússia, chegamos e o carro funcionou muito bem desde o início. Ele é particularmente bom no último setor, mas mesmo no primeiro setor, com a longa reta. O motor parece bem mais potente que o anterior. Mas ainda há muito o que melhorar”, diz Verstappen.

Talvez você se interesse por:
Fórmula 1 2019: Classificação e Calendário
Jaguar I-PACE eTROPHY: novidades para próxima temporada
Como um GP da França em Champanhe mudou a história da F1

Sensação do momento na F1 após duas vitórias nas três ultimas corridas, Leclerc acredita que a Ferrari segue na briga pela vitória neste domingo.

"Foi um dia muito bom. Acho que a Red Bull está bem forte, mas focamos em nós mesmos. Ainda temos muito o que ganhar em termos de tempo de volta. O equilíbrio não foi exatamente o que esperava, especialmente nas simulações de classificação, mas o ritmo de corrida se mostrou forte, e isso é bom", declarou Leclerc.

Hamilton torce por chuva

Nos treinos, a Mercedes teve desempenho discreto: Lewis Hamilton foi o terceiro colocado, logo a frente de seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas. O pentacampeão mundial de F1 confessa: está torcendo para chuva no GP.

“Eu acho que nós perdemos 0s8 para a Ferrari ou algo assim nas retas. Nós estamos melhorando, mas eles ainda estão melhorando bastante. Então nós simplesmente estamos tentando entender como podemos melhorar o carro. Mas não é uma tarefa fácil. Espero que chova. Ouvi que vai chover: seria uma corrida muito mais emocionante com pista molhada”, diz Hamilton.

Fora do “trio-de-ferro” da F1, chamou a atenção o bom desempenho de Pierre Gasly com a Toro Rosso – depois de ter sido ‘rebaixado’ da equipe principal, a Red Bull, o francês tem emendado uma boa sequência de resultados na temporada 2019. A Racing Point também esteve bem com Sergio Perez em sétimo e Lance Stroll em nono.

O GP da Rússia de F1 será disputado neste domingo, a partir das 8h, com transmissão ao vivo da TV Globo.

Confira o resultado final do último treino livre em Sochi:

1) Max Verstappen (Red Bull/Honda) 1’33.162

2) Charles Leclerc (Ferrari) 1’33.497

3) Valtteri Bottas (Mercedes) 1’33.808

4) Lewis Hamilton (Mercedes) 1’33.960

5) Sebastian Vettel (Ferrari) 1’34.201

6) Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda) 1’34.971

7) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes) 1’34.998

8) Nico Hülkenberg (Renault) 1’35.026

9) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes) 1’35.176

10) Alexander Albon (Red Bull/Honda) 1’35.216

11) Lando Norris (McLaren/Renault) 1’35.223

12) Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda) 1’35.337

13) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) 1’35.351

14) Daniel Ricciardo (Renault) 1’35.370

15) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari) 1’35.374

16) Romain Grosjean (Haas/Ferrari) 1’35.593

17) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault) 1’35.635

18) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari) 1’36.004

19) George Russell (Williams/Mercedes) 1’36.785

20) Robert Kubica (Williams/Mercedes) 1’37.838

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro