Mundial de Kart: guia completo sobre a competição

iCarros montou um guia sobre a principal competição de kart do planeta, que acontece na Finlândia e tem 7 brasileiros

06/09/2019 - Rodrigo França e Luiz Felipe Chaguri / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Como dizia Ayrton Senna, vice-campeão mundial de kart em 1979 e 1980, “a melhor escola do automobilismo sem dúvida é o kart”. E a principal competição do kartismo mundial será neste final de semana em Alaharma, na Finlândia.

O campeonato conta com aproximadamente 200 pilotos de diversas nacionalidades divididos em duas categorias. O Brasil está entre elas com sete representantes.

Rafael Câmara, Matheus Ferreira e Júlia Ayoub estão na categoria OK Júnior, para pilotos entre 12 e 14 anos, enquanto Ricardo Gracia, Matheus Morgatto, Gabriel Bortoletto e Olin Galli competem na OK, para pilotos que nasceram em 2004 ou nos anos anteriores.

O início no Brasil

Apesar de cada piloto ter uma trajetória diferente, o caminho mais usual para os brasileiros tem sido uma formação inicial no Brasil, competindo nos campeonatos mais tradicionais do País: como Brasileiro de Kart, Copa São Paulo de Kart, Paulista Light, Copa Brasil e etc.

Com bom desempenho e muitas conquistas nesses campeonatos, os garotos buscam patrocinadores além de ajuda da família para conseguirem correr fora do País. Os jovens com esse bom potencial costumam trilhar o caminho da Europa a partir dos 12 anos.

Desafios na Europa

Chegando na Europa, eles buscam uma vaga nas principais equipes do mundo, como é o caso da Tony Kart, Birel Art, CRG, Energy Course, OTK Lennox, Parolin, entre outras. Grande parte desses times possui como base as pistas da Itália, em especial a de Lonato, que fica a aproximadamente 1h30 de Milão de carro.

A Itália possui uma liga bastante forte, o WSK (World Series Karting), com diversos campeonatos ao longo do ano. Outra competição importante que também serve de experiência para o Mundial de Kart é o Europeu CIK-FIA. Neste ano foram duas etapas na França, uma na Bélgica e uma na Suécia.

O sonho da Fórmula 1

Como a grande maioria dos pilotos da F1 passaram pelo kart, os destaques da principal categoria do automobilismo mundial servem de exemplo para os mais novos. Max Verstappen e Charles Leclerc, ambos com 21 anos, foram grandes rivais no Mundial de Kart e nas competições europeias. Há inclusive vídeos na internet de um piloto culpando o outro por incidentes na pista.

Verstappen foi campeão do mundo no kart em 2013 na categoria KZ 125 cc, que são karts com marchas. Leclerc foi campeão em 2011 na categoria KF3, categoria Júnior da época.

Lando Norris, que é uma das sensações da temporada com boas corridas pela McLaren, foi campeão mundial de kart com 14 anos na categoria KF e cinco anos depois chegou à F1.

De gerações anteriores, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton também lembram com carinho de suas boas experiências no kart. O alemão, inclusive, sempre mostrou uma boa amizade com os jovens pilotos da Ferrari Driver Academy, onde costumam ser lapidados os jovens talentos da escuderia italiana, como é o caso dos brasileiros Enzo Fittipaldi, que está na F3, e de Gianluca Petecof, que corre nas F4 Italiana e Alemã. A F4, inclusive, tem sido um dos principais caminhos para os pilotos que fazem a transição do kart para os monopostos.

Sistema de competição

No Mundial de Kart, assim como nas principais competições de kart da Europa, o mais importante é mostrar consistência sempre entre os primeiros colocados para garantir um bom lugar no grid de largada da final.

Após os treinos livres, os pilotos disputaram nesta sexta-feira a tomada de tempos. Divididos em quatro grupos por categoria, os pilotos possuem oito minutos para buscarem suas melhores marcas. O melhor tempo de cada piloto é usado para definir a posição de largada dele nas seis baterias classificatórias do final de semana.

Cada piloto entra para um grupo de acordo com o seu tempo de “A até F”. Por exemplo, o mais rápido da categoria OK Júnior entra no grupo A, o segundo será do grupo B, o terceiro do grupo C e assim por diante. O sétimo colocado volta a ser do grupo A, o oitavo é do grupo B e por aí vai.

As corridas classificatórias são sempre com pilotos de dois grupos competindo. Ao todo são 21 corridas classificatórias entre as combinações dos grupos A, B, C, D, E e F, sendo que cada piloto compete em seis baterias. Após as classificatórias, apenas os 34 melhores na somatória de pontos passam para a final.

Os pilotos que tiverem os melhores desempenhos nas corridas anteriores largam na frente da final. Somando as duas categorias (OK e OK Júnior), apenas 68 pilotos dos quase 200 participantes chegam à final. O ganhador da decisão fica com o título do Mundial de Kart, portanto dois campeões serão conhecidos na Finlândia.

O circuito

O Mika Salo Circuit tem esse nome em homenagem ao ex-piloto finlandês de F1. A pista fica dentro do Power Park, um verdadeiro parque de diversões em Alaharma. O circuito de 1.200 metros sofreu críticas de alguns pilotos e equipes por ter trechos perigosos.

Um dos pontos de atenção na pista é um pequeno túnel em que os pilotos passam por dentro. Existem trechos também com poucas áreas de escape e no Open, evento teste do campeonato, diversos acidentes aconteceram durante as baterias.

A Comissão Internacional de Kart CIK-FIA, que é presidida por Felipe Massa, prometeu para as equipes um trabalho de segurança maior e mais eficiente, por isso a competição segue normalmente neste final de semana.

Destaques brasileiros na classificação 

Rafael Câmara teve o melhor desempenho entre os pilotos brasileiros na sexta-feira. O piloto pernambucano conseguiu fazer o segundo melhor tempo entre os 104 pilotos da categoria OK Júnior e largará na pole position em cinco das seis corridas classificatórias.

Na categoria OK, Olin Galli foi o mais rápido entre os brasileiros com o 10º lugar entre os 88 participantes da classe. Olin largará entre os quatro primeiros em todas as classificatórias do final de semana.

A final da categoria OK Júnior será no domingo (07) às 9h30, enquanto a prova decisiva da OK acontecerá logo depois, às 10h30. Ambas possuem transmissão ao vivo no site oficial do campeonato: www.cikfia.com .

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro