Ex-rival de Hamilton, Jimenez luta por título inédito

Brasileiro é o líder do Jaguar iPACE e TROPHY e possui em sua carreira grandes duelos com estrelas como Lewis Hamilton

08/07/2019 - Rodrigo França / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros

Na F1, o último título mundial do Brasil foi em 1991, conquistado por Ayrton Senna com sua McLaren Honda. Mas neste final de semana, o País pode conquistar um campeonato inédito, o do Jaguar I-PACE e-TROPHY, o primeiro torneio com carros de turismo 100% elétricos no mundo.

Apesar de serem conceitos de automóveis totalmente diferentes, o mundo da F1 tem muito a ver com as conquistas de Sergio Jimenez, que lidera o campeonato com 107 pontos. Até porque o início de carreira do piloto da Jaguar Brazil Racing foi justamente em 1994, após o acidente fatal de Senna no GP de Ímola.

Jimenez iniciou sua carreira no kart e se espelhou no tricampeão mundial como esportista. Mais do que isso: bateu recordes no Brasil, vencendo diversos campeonatos de kart, que o credenciaram para disputar o Mundial em 2000. E sabem quem eram seus adversários naquela competição?

Lewis Hamilton, Nico Rosberg etc, relembra Jimenez em entrevista ao iCarros, citando dois campeões mundiais de F1. “Lembro de como a estrutura deles era impressionante, desde aquela época já tinham acompanhamento das equipes, inclusive o Hamilton da própria McLaren Mercedes, já que a equipe corria com os motores alemães”, completa o brasileiro.

A um passo da F1

Na própria definição do paulista de Piedade, o piloto ficou a um passo da F1. Depois de ser campeão da F-Renault – onde também competiu com Robert Kubica – Jimenez correu na Europa, chegando até a GP2, divisão de acesso à F1.

“Mas aí faltou não apenas o patrocínio para seguir em frente, mas também alguém para abrir as portas da F1. Infelizmente tive que voltar ao Brasil e começar tudo de novo, mas desta vez nos carros de turismo”, diz Jimenez.

A reviravolta fez bem ao piloto. Ele conseguiu uma vaga no grid da Stock Car Light em 2009 para disputar o GP do Rio de Janeiro em Jacarepaguá. E logo de cara fez pole e venceu na categoria que tinha mais de 30 carros no grid.

O bom desempenho lhe garantiu vaga na categoria principal nas temporadas seguintes, onde inclusive conquistou a primeira vitória da equipe Cimed Racing – a atual de Cacá Bueno, que hoje é seu companheiro de equipe na Jaguar Brazil Racing.

Jaguar fazendo história

Os dois pilotos brasileiros lutam pelo título junto com o britânico Bryan Sellers (confira matéria com as combinações de disputa de título).

Embora haja uma série de combinações possíveis de resultado, Jimenez, por ser o líder do campeonato, tem a posição mais confortável para entrar na decisão e garantir o título.

“Será um final de semana histórico. Aliás, já podemos dizer que fizemos história, sendo protagonistas de um campeonato que vai entrar para os livros do automobilismo como o pioneiro de carros elétricos. Já é uma realidade no mundo e com certeza daqui alguns anos será ainda mais relevante, com chegada de mais montadoras e com ainda mais competição”, diz Jimenez.

Justamente no ano em que se completam 25 anos sem o principal ídolo do automobilismo brasileiro, aquele jovem menino de Piedade que começou no kart pode trazer um inédito título mundial para o País. Se vencer uma das corridas da rodada dupla, Jimenez pode até ser terceiro na prova final que garante o título. A decisão começa na próxima sexta-feira, dia 12/7, em Nova York, EUA.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)
Instagram (instagram.com/icarros_oficial)
YouTube (youtube.com/icarros)

 

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

  • Seguro automóvel

    Veja o resultado na hora e compare os preços e benefícios sem sair de casa.

    cotar seguro